03/10/2014 - TSE acha 2.590 eleitores registrados em duas ou mais seções eleitorais. Eles poderiam repetir o voto

Ao fazer uma varredura em parte do banco de dados de 24 milhões de eleitores que já fizeram o chamado recadastramento biométrico (o sistema de identificação de votantes pela impressão digital) o TSE encontrou 2.590 casos de duplicidade de digitais. São 2.590 pessoas registradas como eleitores em duas ou mais seções eleitorais. A revelação é do jornal “Folha de São Paulo”. Em tese, cada uma teria condições de votar mais de uma vez na mesma eleição sem que isso seja notado pelos mesários. Em vários casos, os indícios são de falsidade ideológica e tentativa de fraude eleitoral. Ocorrências assim foram encontradas em diversos estados. Goiás tem a maior concentração. De acordo com o jornal, há constatações de digital registrada em até 10 diferentes seções. O recordista é um eleitor com a digital em mais de 20 cartórios. Estava apto para votar mais de 20 vezes. A Polícia Federal foi chamada para investigar.

 

 

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário