03/11/2013 - Dsei Araguaia realizou a Campanha Outubro Rosa marcado por várias atividades nas Aldeias

Em virtude das atribuições do Distrito Sanitário Especial Indígena – DSEI  Araguaia de São Félix do Araguaia - MT, deu inicio a Campanha de prevenção do Câncer de Mama “Outubro Rosa”  no dia 18 e se estendeu até o final do mês de outubro de 2013, nas aldeias de jurisdição do Pólo Base de São Félix do Araguaia – MT e teve o objetivo de conscientizar a população indígenas sobre o câncer de mama dirigida a sociedade e as mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, nas Aldeias Santa Isabel do Morro, JK,Watau, Fontoura, São Domingos, Teribré,Mirindiba e Nova Tytema, onde contou com a com a colaboração dos profissionais de Saúde de área e do Dsei.


A forma mais habitual é o aparecimento de nódulo, geralmente indolor. Outros sinais e sintomas menos freqüentes são edemas semelhantes à casca de laranja, irritação ou irregularidades na pele, dor, inversão ou descamação no mamilo e descarga papilar (saída de secreção pelo mamilo). Podem também surgir nódulos palpáveis na axila.

 

Nem sempre é possível notar a doença por meio do toque nos seios, a patologia tem uma fase em que as lesões são do tipo não-palpáveis. Por isso, é importante a realização de exames de imagem na faixa etária de maior risco.

 

No dia 25 de outubro foi realizada uma palestra sobre câncer de mama e auto-exame da mama para os funcionários do Dsei. Nessa ação contou com participação, de aproximadamente 50 indígenas. Além da palestra no decorrer do mês durante a campanha foram realizadas várias atividades:

 

*Palestra sobre o Câncer de Mama;
*Perguntas e respostas sobre câncer;
*Auto Exame da Mama;
*Coleta de PCCU(exame preventivo de colo uterino);
*Testes rápidos de HIV/AIDS;
*testes rápidos de Sífilis;
*Testes rápidos de Hepatite B e C;

 

O câncer de mama na maioria dos casos, não há uma causa específica. Há alguns fatores que estão associados ao aumento do risco de desenvolver a doença. A própria idade é um deles, pois a chance aumenta na medida em que se envelhece. Menarca precoce, menopausa tardia, nuliparidade (não ter filhos), primeiro filho em idade avançada, não amamentação e uso de terapia de reposição hormonal são fatores associados ao risco. Consumo excessivo de álcool, obesidade na pós-menopausa e sedentarismo também. Os fatores hereditários são responsáveis por menos de 10% dos cânceres de mama. O risco é maior quando os parentes acometidos são de primeiro grau (pai, mãe, irmãos, filhos).

 

 

Rosiane dos Santos Milhomem (responsável pela Educação em Saúde);

Miriam Messias (Enfermeira de área);

Marcelo Araújo (Enfermeiro de área);

Elza Araujo (Chefe Diasi e responsável pela Saúde da Mulher- Divisão de atenção a saúde Indigena);

Liá Lima Barbosa(Coordenadora da Imunização)

Vitorina Neta Ribeiro (Enfermeira Coordenadora do Polo Base de São Félix do  Araguaia;

Edmilson Karajá (Motorista do Polo Base de São Félix do Araguaia);

Veralucia Régis Bogea (Coordenadora DST/HIV)

Wendel Weis Silva (Coordenador da Saúde Bucal)

Milton Martins de Sousa(Coordenador Distrital/Chefe do Dsei Araguaia)

Esses profissionais estão envolvidos nessa ação,e também em outras ações envolvidas no Dsei Araguaia.


 

A campanha Outubro Rosa foi criada em 1997, nos Estados Unidos, e no Amazonas vem sendo realizada nos últimos anos com a iluminação de prédios públicos e privados da cor rosa, simbolizando a luta pela prevenção e o diagnóstico precoce, que são essenciais no combate ao câncer. Participam da campanha os seguintes profissionais:

 

 


Vanessa Lima/O Repórter do Araguaia

 

Comentários

Data: 04/11/2013

De: Calixto Guimarães

Assunto: por que?

Vanessa minha grande amiga, por que está deletando meus comentários ?
Essa semana irei a São Félix e gostaria de bater um papo contigo.
Estou com uns projetos interessantes para lhe apresentar.
Abração...Shalon !!!

Data: 03/11/2013

De: CALIXTO GUIMARAES

Assunto: fora Ongs, Funai e Funasa

TAVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do “O Repórter do Araguaia”. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Comentário vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros e não está relacionado ao tema da matéria. Queira por favor, refazer seu comentário e reenviá-lo sem citar nomes.

Novo comentário