03/12/2013 - MT Muito Mais começa a ser reeditado e quer Taques ao Governo

Os principais líderes dos quatro partidos que compõem o grupo Mato Grosso Muito Mais – PDT, PPS, PSB e PV – se reuniram nesta segunda (2) para iniciar o planejamento estratégico das eleições 2014. Os dirigentes reafirmaram a tese da candidatura própria, fortalecendo o nome do senador Pedro Taques (PDT) ao governo e decidiram abrir oficialmente diálogo com outras legendas para ampliação do arco aliança.

Taques e o deputado estadual Zeca Viana - recém-reeleito presidente estadual - representaram o PDT. O PSB foi representado pelo prefeito de Cuiabá Mauro Mendes, pela deputada estadual Luciane Bezerra e pelo ex-prefeito de Juara Oscar Bezerra. Pelo PV, participaram Roberto Stopa e Aluizio Leite. Já o secretário de Meio Ambiente de Cuiabá Antônio Máximo falou em nome do PPS.

Mauro afirmou que o grupo está começando a fazer um planejamento para apresentar à população, no ano que vem, um projeto político consolidado. “Estivemos juntos em 2010, em 2012 e certamente continuaremos juntos. Vamos discutir a ampliação dessa aliança e um projeto político para 2014”, afirmou.

Questionado sobre nomes para compor como vice e ao Senado, Mauro disse que isso será discutido entre todos os partidos que irão compor a aliança. O objetivo é encontrar nomes que representem os anseios da população.

Taques reforçou, mais uma vez, que o grupo está definindo projeto político para o Estado, sem condicionante de nomes. “Eu, como dirigente partidário, não posso entrar numa conversa com outros partidos tendo nomes fechados, isso preciso ser debatido. Neste momento, estamos discutindo qual é o Mato Grosso que queremos, qual o projeto de governo vamos oferecer à população”, disse o senador.

Percival, por sua vez, lembrou que o grupo elegeu em 2010 um senador, deputado federal e deputados estaduais. Além disso, elegeu no último pleito prefeitos em importantes cidades como Cuiabá e Rondonópolis. “Nós queremos mudar a política do Estado de Mato Grosso, queremos construir um novo momento da história do estado. Um Mato Grosso que ofereça a prestação de políticas publicas de melhor qualidade e transparência. Temos um programa, uma base maior que na eleição passada e um candidato que expressa o desejo do grupo”, concluiu o prefeito.

 

  MT Muito Mais

O grupo MT Muito Mais surgiu em 2010, lançando Mauro ao governo  tendo como vice o prefeito de Lucas do Rio Verde Otaviano Pivetta. A candidatura, entretanto, foi derrotada em 1º turno pelo governador Silval Barbosa (PMDB). (Com assessoria)

 

Jacques Gosch

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário