03/12/2013 - Sargento da PM não aceita fim de casamento tenta matar ex-esposa

Policial negou o crime e disse que motociclista que passou pelo local que atirou na ex-esposa.

 

O sargento da Polícia Militar, V.J.N, de 36 anos, foi preso em flagrante acusado de tentar matar a ex-esposa de 29 anos. A tentativa de homicídio ocorreu na noite deste sábado (30), no bairro Jardim dos Estados, em Várzea Grande. Ele não aceitava o término do relacionamento e por isso teria realizado o crime.

Segundo informações da PM, a vítima foi visitar os pais e se deparou com o ex-marido. Quando tentava ir embora, o sargento teria colocado o pé para a mulher tropeçar, porém conseguiu entrou em seu carro. Com raiva, V. teria atirado na mulher, mas tiro acertou a lataria do carro.

Com medo a vítima saiu em alta velocidade e só parou quando chegou a um batalhão da PM para denunciar o caso. Os policiais voltaram no local da tentativa de homicídio e detiveram o sargento, que ainda estava armado.

Contrapondo a versão da vítima, o suspeito negou ter atirado na ex-mulher e afirmou que um motociclista que passou pelo local foi quem efetuou o disparo no carro da ex-companheira.

Mesmo negando o crime, V. foi levado àCentral de Flagrantes de Várzea Grande e autuado por tentativa de homicídio. Um processo administrativo dentro da PM deve ser aberto para apurar a participação do sargento no crime. Se ele for condenado pode ser expulso da corporação.


DA REDAÇÃO