04/01/2013 - Prefeitura é repassada inadimplente e completamente abandonada à nova administração

 

Em entrevista cedida à imprensa barragarcense o prefeito Roberto Farias Fez um resumo de como a prefeitura foi encontrada. Disse que a mesma está engessada e com muitos problemas físicos e econômicos. Criticou a administração passada pela falta de consideração para com a população.

 

O prédio da prefeitura foi encontrado todo danificado, com infiltração, parte elétrica em péssimo estado, paredes rachadas, janelas e portas quebradas e faltam equipamentos básicos como computadores e telefones. A cidade foi abandonada nesses últimos meses, ruas esburacadas e sujas, quadras de esporte e lazer inutilizadas. Na área de educação as escolas estão precárias, os ônibus sucateados.

 

Em questões financeiras, a prefeitura perdeu cerca de 25 milhões de recursos da Caixa Econômica Federal, dinheiro esse que fará falta na manutenção, reforma e implantação de obras. A cidade também perdeu cerca de 1 milhões do fundo Barra Prev – dinheiro do servidor público mal investidos pela a administração passada, em nota foram investidos 6 milhões.

 

Problema grave herdado foi o não pagamento da dívida da prefeitura com a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) que poderia ter sido parcelado ano passado, mas por negligencia do ex-prefeito não foi.

 

Apesar de tantos problemas Roberto Farias frisou que a nova administração está confiante e trabalhando para solucioná-los. Afirmou também que já está negociando o funcionamento da usina de álcool que estará em funcionamento até 2015 e gerará muitos empregos formais e informais. Foi comunicado a construção de 950 casas populares que irá beneficiar a população carente, a meta é a construção de 5 mil casas populares até o termino do mandato.

 

Ao fim da entrevista Roberto reafirmou seu compromisso de melhoria de vida para população, com geração de emprego, saúde digna, educação de qualidade.

 

Por: Vander Lima

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário