04/02/2012 - Dono de pizzaria conta a polícia que filho admitiu assassinato de moça

Investigadores da polícia confirmam que Weber Welques de Oliveira admitiu ao pai, o dono da pizzaria Fornalha, que teria assassinado uma moça. A polícia trabalha com a hipótese de que a vítima possa ter sido uma garota de programa. Pedaço de um crânio, cinzas e bijuterias foram encontradas no forno da pizzaria na tarde desta sexta-feira (3). 

Weber teria admitido o crime ao pai, após sua moto ter sido vista com marcas de sangue. O apontado como responsável pelo assassinato fugiu e a polícia está realizando diligências para tentar prendê-lo.

Em um primeiro momento, uma funcionária da pizzaria foi apontada como a possível vítima. No entanto, a moça já foi encontrada. A informação de que a vítima seria uma garota de programa foi repassada por testemunhas. 

A pizzaria Fornalha está localizada na avenida General Mello. Inicialmente, a polícia registrou a informação passada por populares do bairro de que um corpo havia sido esquartejado e queimado dentro do forno do restaurante. Gritos vindos do local foram ouvidos ainda pela manhã. 

Weber Welques de Oliveira foi visto saindo do local do crime com as roupas ensangüentadas. Os bombeiros foram acionados e, na cozinha do restaurante, verificaram que dentro do forno haviam restos humanos incinerados.

 

Redação - Lucas Bólico

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário