04/03/2011 10h:14 Três dias para percorrer 110 km em estrada estadual de MT. Animais morrem e alimentos estragam

Pontes caídas, atoleiros intransponíveis, alimentos deteriorando e animais morrendo. Este é o cenário que pode ser visto na MT-325 do município de Alta Floresta, kkk km ao norte de Cuiabá. Mesmo sem maquinários, a Prefeitura trabalha nos pontos mais críticos da MT325, mas o esforço parece não surtir efeito.
Ontem (03), num dos diversos atoleiros da MT-325, o condutor de uma caminhonete transportando porcos e galinhas vivos e carne de boi,  identificado como “Vando”,  disse que estava há três dias na estrada para percorrer um trecho de 110km, “Tem carne estragada, porcos e galinhas estão morrendo, tá tudo bagunçado”, comentou Vando, revoltado com o prejuízo e as péssimas condições da estrada.
“Está critico. Ponte caída, atoleiros, buracos, carro todo estragado. Isso é difícil porque a gente paga imposto, paga tudo e agora estamos num mato sem cachorro”, bradou, indignado com a situação vivida nas estradas.



Prefeitura tenta amenizar situação da MT-325, que deveria
ser mantida pelo Estado. (Foto: TV Nativa)



 
Neste período, é grande o número de produtores dessa região perdendo sua produção devido ao desafio que se tornou trafegar nas estradas. Vando relatou a indignação de toda população em relação às maquinas do Governo do Estado paradas no pátio do quartel da Policia Militar, enquanto as estradas vão se diluindo em lama e buracos. (com TV Nativa/Alta Floresta)
 
O Repórter do Araguaia
Blog Sandra Carvalho