04/03/2011 - 09h:40 Balsa substiturá ponte levada pelas águas no Rio Aripuanã

A Prefeitura de Colniza, no Norte de Mato Grosso, informou que medidas estão sendo tomadas para que a população afetada pelo rompimento da ponte do Rio Aripuanã  tenham acesso a cidade. Aprefeita Nelci Capitani já entrou em contato com um dos proprietários de balsas que atuam na região e foi verificada a possibilidade de atender com uma delas a travessia do rio no local da ponte levada pela força das águas.

A ponte destruída tinha 276 metros e era a maior da América Latina feita em madeira.Nos últimos dias as intensas chuvas tem provocado a maior enchente desde o ano de 1997. As águas do rio ultrapassaram a altura da ponte e fez com que fosse rompida. A parte central da ponte foi levada pela enxurrada.

O empresário confirmou interesse em enviar a balsa. Porém deve demorar para o equipamento chegar ao local.O prazo não foi informado. A medida emergencial adotada pela Prefeitura foi a contratação de um "beiradeiro" com barco para acompanhar a travessia de pessoas e motocicletas. A travessia de veículos ainda está interrompida.

 

Ivonei Cheminski
de Colniza