04/03/2011 12h:00 Em posse de Daltinho, prefeito Gercino manda colocar faixas na assembleia legislativa

O primeiro suplente do PMDB na Assembleia, Adalto de Freitas, o Daltinho foi empossado na Assembléia Legislativa na sessão desta terça, 1º de março, por força de uma liminar concedida pelo do juiz de 2º grau, Gilberto Giradelli, que determinou a posse do primeiro suplente na vaga aberta com o pedido de licença da titular, Teté Bezerra, que assumiu a secretaria estadual de Desenvolvimento de Turismo.

Daltinho se baseou na interpretação do Supremo Tribunal Federal (STF) de que a vaga no parlamento, em caso de pedido de licença do titular, é do partido e não da coligação, o que lhe permitiu  acionar sua assessoria jurídica a entrar com o mandato de segurança para que sua vaga fosse garantida.

Quem tinham sido empossado na vaga de Daltinho, era o republicano Emanuel Pinheiro (PR), primeiro suplente da coligação, que deveria deixar a AL, mas foi beneficiado com mais quatro meses de mandato, após o deputado Mauro Savi (PR), pedir afastamento para tratamento de saúde. Pinheiro assume vaga de Savi, por pertencer a coligação PR, PT e PMDB.

Em seu discurso de posse para o segundo mandato, Daltinho diz que vai lutar contra divisão do Estado, e que é o único representante do Araguaia na Assembléia. O  deputado Adalto de Freitas (PMDB) assumiu com o discurso de que a região precisa de mais investimentos do governo Silval Barbosa (PMDB) para evitar o sentimento de divisão. Segundo ele, os moradores ainda têm mais afinidade com o Estado de Goiás que com o de Mato Grosso, chegando a ter a capital goiana, Goiânia como referência pra tudo.

Daltinho alegou que o próprio Silval já defendeu a divisão enquanto era deputado. “Não quero fazer apologia da divisão, estou apenas fazendo um alerta. Mas lembrou que lutou pela eleição de seu colega de partido, e que irá estar junto do Governo pelas conquistas que levem o desenvolvimento da região do Araguaia.

Várias lideranças do Araguaia estiveram presentes na sessão de posse do deputado Daltinho, entre eles o empresário Eduardo Moura, prefeitos Gercino Rosa (Nova Xavantina), Gilberto Mendes - Betão (São José do Xingu), Luiz Henrique (Cocalinho), diversos vereadores e simpatizantes de várias cidades do Vale do Araguaia.

 

Autor: A Semana