04/05/2015 - Programação dos 150 anos do nascimento de Rondon começa na terça-feira

04/05/2015 - Programação dos 150 anos do nascimento de Rondon começa na terça-feira

Mediante decreto, o governador Pedro Taques instituiu o ano de 2015 como o de Marechal Rondon numa homenagem ao principal precursor dos telégrafos brasileiros e da convivência com os índios.

 

Historiador realiza pesquisa sobre trabalhos cartográficos de Rondon Historiador realiza pesquisa sobre trabalhos cartográficos de Rondon Num ano dedicado exclusivamente à comemoração dos 150 anos do nascimento de Marechal Cândido Rondon, o patrono das telecomunicações do Brasil, as festividades estão marcadas para a próxima terça-feira (05.05). 

 

Às 7h, está previsto um café da manhã na escola Santa Claudina com toda a comunidade do distrito de Mimoso, em Santo Antônio do Leverger. Em seguida, 8h45, é realizada a formatura de 200 soldados do Exército, com apresentações artísticas, abertura de sessão solene da Câmara Municipal e lançamento de selo pelos Correios. Às 11h, há o encerramento com a Banda Prinart/Seduc. 

 

Mediante decreto, o governador Pedro Taques instituiu o ano de 2015 como o de Marechal Rondon numa homenagem ao principal precursor dos telégrafos brasileiros e da convivência com os índios. Ele tem papel fundamental na história da Comunicação brasileira. No decreto, Taques institui uma comissão pata cuidar das comemorações alusivas aos 150 anos do nascimento de Cândido Rondon. O secretário-chefe da Casa Civil, Paulo Taques, disse que o governo trabalha para que as comemorações sejam à altura do que Rondon representa para o Brasil. 

 

"O governador pediu para agradecer essa canalização de tantas pessoas nos trabalhos pelas comemorações dos 150 anos de Rondon", disse. Entre 05 e 09 de maio, no Shopping Três Américas, começa a exposição Rondon: A Construção do Brasil e a Causa Indígena, que conta a trajetória do brasileiro Cândido Mariano da Silva Rondon. A exposição - parte do Projeto Memória - é composta por 16 painéis, contendo fotos e textos que contam o caminho percorrido pelo “Marechal da Paz" ou "Marechal Humanista" na vida e frente da implantação das linhas telegráficas no Brasil. 

 

Autor dos gibis A Turma da Mônica, Maurício de Souza também aproveitou para homenagear Cândido Rondon, a pedido do Governo do Estado. As aventuras do Patrono das Comunicações vão se transformar em gibis e livros de atividades para as escolas da rede pública do Estado. O projeto é umas das ações desenvolvidas pelo Governo de Mato Grosso para comemorar os 150 anos de Rondon. 

 

 

Redação 24 Horas News

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário