04/05/2015 - Justiça pode cancelar mais de 41 mil títulos de eleitor em MT

Dos 42.947 eleitores de Mato Grosso que não votaram nas últimas três eleições, 41.559 ainda não procuraram a Justiça Eleitoral para regularizar sua situação e podem ter o título cancelado. O prazo para esses eleitores termina nesta segunda-feira (4 de maio). Os cartórios eleitorais em todo o Estado ficam abertos das 7h30 às 13h30.
 
Em 2013, a Justiça Eleitoral cancelou 35.398 títulos de eleitores de Mato Grosso que não justificaram três ausências consecutivas às urnas. Por isso, quem está nessa situação deve ficar atento ao final do prazo final.
 
Mas atenção: para evitar filas, a Justiça Eleitoral recomenda que apenas os eleitores que não votaram nas últimas três eleições devem comparecer nesta segunda-feira. Os demais eleitores que buscam apenas atualizar endereço, proceder à inscrição eleitoral (confecção do primeiro título de eleitor) ou outras demandas podem procurar a Justiça Eleitoral em outra data.
 
É importante ressaltar que cada turno é considerado uma eleição. Assim, quem não votou em 2012 e nos dois turnos de 2014 precisa regularizar sua situação junto à Justiça Eleitoral.
 
Para consultar se seu título está sujeito ao cancelamento, o eleitor pode acessar o Portal do Tribunal Regional Eleitoral (www.tre-mt.jus.br). Basta clicar em Serviços ao Eleitor/Situação Eleitoral. O eleitor também pode, na mesma seção, consultar a lista de títulos passíveis de cancelamento.
 
Cuiabá lidera lista de passíveis de cancelamento
Em todo o Estado existem 41.559 eleitores faltosos às últimas três eleições, cujos títulos estão passíveis de cancelamento. Deste total, 8.918 são eleitores de Cuiabá.
 
Em segundo lugar vem Várzea Grande, com 3.813. E em terceiro Sinop, com 2.731. O município de Tangará da Serra tem 1.504 eleitores cujos títulos podem ser cancelados, Juara conta com 1.426 e Cáceres possui 1.319 eleitores na mesma situação.
 
Dos municípios da 21ª Zona Eleitoral, Lucas do Rio Verde pode ter um único título cancelado. Tapurah pode ter 133 cancelamentos e Itanhangá pode ter 109 eleitores com títulos cancelados pela Justiça Eleitoral.
 
 
 
Fonte: ExpressoMT com Assessoria

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário