04/06/2014 - Projeto resgata cultura dos karajá e xavante

04/06/2014 - Projeto resgata cultura dos karajá e xavante

A mitologia, as histórias e narrativas dos povos indígenas reveladas em toda sua beleza e força em livros ilustrados e CDs de áudio com a interpretação das histórias. É o que foi feito pelo projeto “Histórias da Tradição”, que conseguiu documentar e organizar, para o grande público, parte do importante patrimônio cultural de dois povos originários do Brasil, num trabalho realizado em parceria com as comunidades indígenas.

Tudo se completa agora, com o lançamento de dois livros e dois CDs, um com histórias de uma aldeia Karajá e outro com narrativas de uma aldeia Xavante, além de um website com conteúdo extra.

“O projeto é uma resposta ao pedido dos velhos sábios das aldeias que acreditam que as novas tecnologias, quando apropriadas e conduzidas pelas comunidades, podem ser armas importantes para manutenção das tradições”, explica Angela Papiani, criadora do “Histórias da Tradição” e diretora da Ikor?, produtora responsável pelo projeto.

Os livros são “Ynyxiwè, que trouxe o sol e outras histórias do povo Karajá” e “Aihö’ubuni wasu’u – o Lobo Guará e outras histórias do povo Xavante”. Ambos possuem encarte de pôster colorido e CD.

Para o lançamento dos volumes, foram feitos eventos em cidades próximas às aldeias. Em Canarana (xavante) aconteceu no último dia 02 de maio, na Câmara Municipal da cidade, com a presença dos realizadores (equipe com narradores, coordenadores e ilustradores) para uma noite de autógrafos, quando os índios Xavante realizaram uma cerimônia de canto e dança na praça em frente ao prédio.

Em São Felix do Araguaia, próximo à aldeia Karajá, o lançamento oficial foi adiado, por conta das chuvas que dificultam o acesso à região. No Rio de Janeiro, o lançamento foi no dia 21 de maio, na Livraria da Travessa de Botafogo.

Na capital carioca, os eventos contaram com a presença de quatro integrantes das duas aldeias envolvidas no projeto. Eles falaram sobre o processo e a importância da manutenção de suas tradições. O projeto foi desenvolvido ao longo de 10 meses de trabalho intenso com as aldeias Fontoura, do povo Karajá, do Tocantins, que se autodenomina Iny e Etenhiritipá do povo Xavante, Mato Grosso, que se autodenomina A’uwe uptabi.

O processo envolveu a capacitação de equipes das duas aldeias para a documentação das narrativas tradicionais em áudio, a participação dos anciãos -- os narradores tradicionais detentores do conhecimento, e dos professores e alunos das escolas indígenas nas traduções e ilustração das histórias.

Mais de 60 pessoas indígenas envolveram-se em todas as etapas do processo, incluindo preparação para que continuem a registrar sua cultura. “Somos de uma linhagem antiga. Aprendemos com nossos ancestrais os fundamentos da tradição, transmitidos de geração a geração. Mantemos vivo o Espírito da Criação”, explica Paulo Xavante.

“Nosso mundo era o mundo da oralidade. A gente guardava nossa historia só na memória. Com este projeto, chegou nossa vez de registrar tudo, de colocar no papel as histórias para ficar para as futuras gerações”, afirma Elly Mairu Karajá.

As comunidades selecionaram entre as mais de 50 histórias registradas em áudio, as mais representativas, que melhor revelam os fundamentos dessas tradições. As seis histórias do povo Xavante e seis do povo Karajá foram então traduzidas com todo o cuidado para o português, preservando o estilo do narrador, o ritmo e a essência das histórias.

 

 

Escrito por Diário de Cuiabá

Comentários

Data: 05/06/2014

De: Leila Fonseca

Assunto: Projeto resgata cultura Karajá e Xavante

Parabéns aos povos Karajá e Xavante pela iniciativa. Daniel Coxini, Ely Mairu, senhor Pedro Diaturá, José Hani, Jua, Txikera, Waixa, Wadjuwrema, e tantos outros que contribuem em manter viva essa belíssima cultura. Parabéns!!

Data: 04/06/2014

De: DESMOLIERRISON JERRY

Assunto: FESTEJO DE SANTO ANTÔNIO

Começa hoje o festejo de Novo Santo Antônio. Lembrando que sábado dia 07 tem Edson e Hudson e Ataíde e Alexandre. Todos os dias haverá shows regionais. Dia 13, no encerramente, show com a dupla Felipe e Falcão.O chão vai tremer.

Novo comentário