04/07/2016 - Detentos cavam túnel e 11 fogem de presídio, entre eles homicida e traficante; veja lista

04/07/2016 - Detentos cavam túnel e 11 fogem de presídio, entre eles homicida e traficante; veja lista

Onze detentos do presídio Osvaldo Florentino Leite, conhecido como “Ferrugem”, conseguiram fugir da unidade prisional na madrugada deste domingo (03), no município de Sinop (477 km de Cuiabá). Conforme as informações, os reeducandos cavaram um túnel para conseguir escapar.
 
A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Sejudh (Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos) ao Olhar Direto. Os criminosos teriam fugido entre meia noite e uma da manhã, mas a fuga só foi percebida pelos agentes na manhã deste domingo. O tamanho do túnel ainda não foi divulgado. Os presos seriam da Ala Laranja.

Entre os presos foragidos estão uma pessoa acusada de homicídio e outra por tráfico de drogas,confira a lista completa: Francisco da Silva Macedo Junior (porte ilegal de arma de fogo); Junior dos Santos (roubo e formação de quadrilha); Walisson dos Santos Fernandes (porte ilegal de arma de fogo); Lucas da Silva (tráfico e associação); Ederson Alves da Silva (conduzir veículo sob efeito de álcool, sem habilitação e com velocidade acima do permitido); Vilso José de Almeida (porte ilegal de arma de fogo); José Luiz (mandado de recaptura); Geraldo Florencio da Costa (tráfico, associação para o tráfico e corrupção de menores); Erival Vitorino Machado (porte ilegal de arma de fogo); Francicines Inguis Pereira (Homicídio); O último preso ainda não foi identificado.

A assessoria de imprensa da Sejudh ainda informou que a Polícia Militar segue atrás dos foragidos para tentar recapturá-los. Todos os militares e homens da Força Tática estão empenhados na procura dos detentos. Até agora, nenhum foi reconduzido à unidade prisional.

Em abril deste ano, uma megaoperação da Sejudh realizou uma revista geral na unidade e promoveu a revisão de práticas administrativas, laborais e de atos relativos a execução das penas. Em março de 2015, os agentes penitenciários da unidade evitaram a fuga de 80 detentos da ala vermelha, que abriga reeducandos detidos com penas gravísssimas. Eles serraram duas grades e subiram na cobertura do presídio, mas foram impedidos pelos guardas.

 

 

 

Da Redação - Wesley Santiago

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário