04/10/2016 - Governador participa de nova reunião do Consórcio Brasil Central

A agenda do governador Pedro Taques desta semana é marcada pelo encontro dos Estados do Brasil Central, que ocorre na próxima sexta-feira (07.10), em Porto Velho (RO). 

Nesta segunda-feira (03.10) o governador tem apenas uma agenda interna, no fim da tarde. Na terça-feira (04.10), entre 08h e 09h, ele visita o Centro Estadual de Educação (CEE), para conhecer as novas instalações da unidade, na Avenida Historiador Rubens de Mendonça.

Na quarta-feira (05.10) Pedro Taques tem um café da manhã com o secretário de Estado de Saúde, João Batista, e a equipe diretora da SES, a partir das 08h. Durante a tarde ele cumpre agenda interna. Na quinta-feira (06.10) estão previstas, também, apenas agendas internas.

Na sexta-feira o governador segue para Porto Velho, na agenda do Consórcio Brasil Central, com saída às 7h30. O Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central foi criado em julho deste ano durante o Fórum de Governadores do Centro-Oeste, em Goiânia, e também agregou os estados de Rondônia e Tocantins. 

O Consórcio é uma associação pública, de natureza autárquica, dotado de autonomias administrativa e financeira, com o propósito de trabalhar em cooperação, especialmente nas áreas de educação, infraestrutura, logística, agricultura, energia, turismo, trocando experiências e buscando interesses e esforços conjuntos para a promoção do desenvolvimento da região.

 

 

 

Euziany Teodoro | Gcom-MT

Comentários

Data: 04/10/2016

De: Luis Gonzaga Dominhgues

Assunto: luisodomingues@hotmail.com


Notícias / Política

4.Out.16 - 13:43
Valtenir compara Pedro Taques a Demóstenes e ataca secretário
Deputado federal do PMDB disse que governador trai PSDB e o liga à esquema de corrupção na Seduc

Agência da Notícia com redação

A
A
A
Enviar para um amigoImprimir
Publicidade

O deputado federal Valternir Pereira (PMDB) classificou o secretário-chefe da Casa Civil, Paulo Taques, de "ventríloquo" do governador Pedro Taques (PSDB).

O parlamentar retrucou uma crítica de Paulo, que lembrou o apoio dele à ex-presidente Dilma Rousseff (PT), na votação do impeachment.

“O PDT acusa Pedro Taques de traidor. Exatamente porque ele ganhou a eleição e, logo depois, sem nenhuma justificativa plausível, mudou de partido. Além disso, lá no Congresso Nacional, o PDT de Pedro Taques sempre apoiou o governo Dilma Rousseff (PT). Então, essa história que vocês respeitam partido político não é verdade. É conversas pra boi dormir”, disse, por meio de nota.

Taques é moralmente parecido com Demóstenes Torres, por causa do escândalo da Seduc, envolvendo fraude em procedimentos licitatórios que levou um secretário para a cadeia
Valtenir também disse que o governador não respeita sequer o PSDB. “Em Várzea Grande, por exemplo, eles interviram e impediram uma candidatura natural, construída pela base, para ficar do lado do PMDB que vocês dizem que é do Silval, junto com Lucimar, Júlio e Jayme Campos”, disse.

O parlamentar citou ainda que o PSDB elegeu o tucano Abdo, em Jaciara, sem o apoio do governador numa disputa contra Andréia Russi, esposa do deputado estadual Max Russi (PSB).

“Em Jaciara, o governador não gravou para o PSDB. Sabe por quê? Porque o deputado Max Russi impediu que isso acontecesse. O PSDB de Jaciara se sente traído pelo governador Pedro Taques. Os senhores Pedro Taques e Paulo Taques não têm nenhuma coerência partidária”, afirmou.

“Taques é moralmente parecido com Demóstenes Torres, por causa do escândalo da Secretaria de Educação do Estado (Seduc), envolvendo fraude em procedimentos licitatórios que levou um secretário para a cadeia e ainda vem ai possíveis delações do Giovani Guizardi Júnior e Alan Maluf, que segundo os bastidores, terão consequências desastrosas para o governo”, cutucou.

O deputado do PMDB ainda cobrou que Paulo Taques explique sua licença na Casa Civil. “É para ajudar Wilson Santos com essa enorme simpatia e liderança que você tem? Ou por outro motivo? Será que vão deixar você retornar para o Governo depois?”, questionou.

Críticas

"Esse Governo precisa aprender a conviver com as críticas, isso é do processo democrático. Esse Governo não pode trair os servidores, não pode trair os trabalhadores, ele precisa conviver com a democracia. Paulo Taques, vai caçar o que fazer, vai trabalhar, vai terminar as obras que o PMDB deixou para vocês terminarem”, disse.

O parlamentar ainda fez uma provocação a Paulo Taques. "Gostaria que o secretário afastado da Casa Civil explique a festa de posse do governador Pedro Taques, que custou mais de R$ 600 mil e, supostamente, foi bancada por Alan Maluf, seu tesoureiro. E, até agora, Alan Maluf não teria recebido. Ou Alan está mentindo? Por favor, venha a público, Paulo Taques, e explique isso. A sociedade merece explicação”, disse.

Data: 04/10/2016

De: joão de deus ferreira

Assunto: ideias


A CULPA
A CULPA não foi minha, assim falou o Presidente Temer, sobre a crise econômica que assola o País.
Aquele que não quer ser culpado por crise econômica, quando foi vice-Presidente no Governo Dilma Rousseff, deveria ter o honroso dever, de romper com a sua colega de chapa, e falar a Nação sobre a crise que se instalou.
Nos que produzimos as riquezas desta Nação, não somos incapazes, de entender a sua trajetória política, e a coligação que o levou a Presidência da República.
Diz-se daquele que finge não notar a ação maldosa, praticado por sua colega de chapa Dilma Rousseff, o ilustre Presidente da República, se torna cumplice conluiado, sem argumento.
E agora Temer a arrogância não vence essa crise, e esse é um dos mais altos preços há pagar, por ser Presidente e não ter um projeto, um escopo, antagônico que mirasse no modelo que seu governo desenha para a economia deste País. Temer como crescer, sem empregos, com inflação alta e sem caixa. Temer não quis ouvir a sociedade que tem as ideias.
Espero que suas equipes estejam atentas, preste atenção, tu tens trinta dias para mostrar uma fresta de luz, caso contrário o seu grupo está onerando este País. E levando tudo ao abismo. Vocês sabiam de tudo isso, queria ser até o salvador da Pátria. E deixar o seu nome nessa história triste que vocês acabaram de desenhar para o Brasil.
Temer você não se preocupa com popularidade, com o País que está com cento e setenta crimes por dia, roubos de cargas de caminhão explode e bate um novo recorde, o desemprego atinge doze milhões de desempregados, não deve se preocupar mesmo.
Temer e MEC. Porquê Geometria? Esse País tem um grande déficit por falta de criador de ideias em nosso País. Um lembrete para os mais médicos, o excesso de advogados em portas de cadeias, a falta de Professores, Educação tem que ser bem administrado, Geometria lhes faz ver em sua frente o seu projeto voar, navegar, correr e a sua mente brilhar pelo objetivo atingido.
MEC é verdade que vocês mandaram esconder da sociedade que paga os seus salários, que as ideias de JOÃO E DEUS FERREIRA, não deveriam ser comentadas ou veiculadas, por políticos ou funcionários, iguais quando aconteceu em São Felix do Xingu PA. Bancos, Basa, Bradesco, brasil, se calaram quando mandaram dar um tiro no meu filho, para intimidar JD e o JUDICIÁRIO se escondeu, isso é o Brasil dois, a outra face da moeda.
Espero que os formadores de opinião façam algumas perguntas a essa quadrilha.
MEC vocês conhecem bem uma matéria denominada estômato, aquela que tem um curso de matemática ‘’into’ ’quando vocês conhecer a verdade o legitimo irão se assustar, assim fala JD.
Enquanto não me pagarem o prejuízo que me deram seguirei perseguindo os seus erros, lhes tirando a posse de conhecedores, vocês não são pagos para esconder a verdade.
Imagine um homem que só permaneceu do lado bom, tentando pregar a verdade, fazer o bem é muito difícil, e se JD vira o disco para fazer o mal que é muito mais fácil. Imaginem.
Eleição 2016, os Prefeitos e Vereadores eleitos neste País, se elegeram prometendo segurança, água, saneamento básico, aos seus eleitores, e com certeza os esgotos serão dissolvidos nos rios, mares, e igarapés desta Nação.
Esse País precisa urgentemente de um projeto de saneamento que dê um bom destino ao seu esgoto, e que possa caber no orçamento de cada município deste País. O que falta neste País. E está em extinção é a figura masculina do homem conhecedor, aquele que pode dar o sinal verde para o Meio Ambiente, falta homem.
JOÃO DE DEUS FERREIRA- O HOMEM

Novo comentário