04/11/2013 - Deputado propõe extinção da escola ciclada e volta das reprovações

O deputado estadual Ezequiel Fonseca (PP) faz pesquisa de opinião junto aos professores da rede estadual de ensino e ouve pesquisadores na área da educação para embasar projeto de lei que pretende apresentar visando a extinção do modelo de escola ciclada. Neste sistema, implantado em Mato Grosso há 10 anos, os alunos não fazem mais prova e não reprovam mais. O parlamentar conta que resolveu investigar o assunto depois de receber inúmeras manifestações e e-mails de pais reclamando que os filhos não aprendem.

 

  A proposta do governo Lula ao mudar a “regra do jogo” era de reduzir os índices de analfabetismo. Ocorre que o efeito, ao que parece, não foi bem o esperado, pois hoje muitos estudantes se tornaram analfabetos funcionais, ou seja, entram na faculdade sem sequer saber escrever uma redação e/ou ter domínio da interpretação de texto.

 

  Conforme Ezequiel, o ex-ministro da Educação Fernando Haddad (PT), defendia o modelo da escola dividida em ciclos porque acreditava que estando em turmas com a mesma idade, os alunos teriam melhores chances de se desenvolver. “Ocorre que quando assumiu a Prefeitura de São Paulo, Haddad viu que na prática isso não funciona e mudou de opinião”, afirma o progressista.

 

Ainda segundo Ezequiel, a maioria dos profissionais da educação consultados até agora são totalmente contra ao atual modelo e clamam pela volta do mecanismo da reprovação. A ideia não é voltar ao padrão antigo de ensino, mas aperfeiçoar o modelo atual. Para a professora aposentada Elza de Camargo, o modelo em vigor acabou de vez com a qualidade da educação pública. Isso porque ele retirou a autoridade dos docentes. “Os alunos passaram a não respeitar mais os professores porque não temem mais reprovar e passaram também a se acomodar nos estudos”, opina.

 

Ezequiel que visitou recentemente o Chile, considerado modelo na área de educação, conta porque a Educação dá certo naquele país. “Lá ainda existe a reprovação, mas se o aluno reprova pela segunda vez consecutiva a escola passa a buscar a recuperação do aluno e investigar as causas do insucesso”, concluiu.

 

Glaucia Colognesi

Comentários

Data: 18/02/2014

De: Geovani

Assunto: Fim da Escola Ciclada.

Sou Técnico Administrativo Escolar no estado de Mato Grosso, e estamos fechando o ano letivo e esse é um momento vergonhoso pois para o fechamento de 2013 não foi permitido lançar nem mesmo os alunos desistentes, que deveriam ser afastados por abandono mas agora a novidade é uma nova cigla, PPF OU SEJA PROMOVIDO COM PENDÊNCIA DE FREQUENCIA, e o pior no resultado final la na ficha individual do aluno ele está aprovado, precisamos acabar com essa pouca vergonha e a ENTURMAÇÃO DE ALUNOS POR IDADE NÃO VOU NEM COMENTAR.

Data: 05/11/2013

De: Monica

Assunto: falta de vergonha

Jose Rezende e Onoroso devem tomar vergonha na cara e não fazer comentarios desse nivel pois o assunto é educação, nada a ver com problemas pessoais de vc dois. Vcs não passam de dois ignorantes sem educação e sem vergonha na cara.

Data: 04/11/2013

De: Katia

Assunto: FIM DO CICLO

Apoio totalmente o fim do ciclo de formação humana, basta acompanhar a educação de perto pra ver ke isso não esta funcionando, pois os resultados são os piores possíveis. O ciclo de formação humana é o caos da educação no Mt e as pessoas ke os defendem são um bando de hipocritas ke estão fora da sala de aula e só falam da teoria mas escondem os resultados ke são alunos sem nenhum compromisso e ke chegam no ensino médio sabendo mal escrever o próprio nome.

Data: 04/11/2013

De: Professora formada em Pedagogia e História

Assunto: Extinção do ensino ciclada Já!!!

Esse ciclo foi o fracasso da educação em MT, já devia ter sido extinto desde quando percebemos o descompromisso de nossos alunos e a baixa qualidade de aprendizagem em sala de aula. A coisa mais doida em um professor é ter que planejar e planejar, ser cobrados para fazer o aluno aprender, e o aluno não querer fazer as atividades escolares e ainda dizer em sala, que não faz as atividade porque não quer, e não vai reprovar mesmo porque o ciclo não reprova. Devemos lembrar que: reprovar não é a solução no aprendizagem. É preciso que o trabalho seja feito com qualidade. Mas qualidade de educação não quer dizer elevar o aluno de ano e série, sem uma base segura para que ele possa ter condições de conhecimentos educacionais para continuar seus estudos e ser motivado a tocar em frente e seguir seus estudos futuramente.

Data: 04/11/2013

De: Luís Gonzaga Domingues

Assunto: luisodomingues@hotmail.com

O deputado Estadual Ezequiel juntamente com a tal da Elza Camargo e alguns professores deveriam estudar as teorias de Miguel Arroio e outros pensadores para depois falarem as besteiras que dizendo através das mídias e na Assembleia Legislativa do Mato Grosso. Estude um pouquinho! Senso comum não va

Data: 04/11/2013

De: rose

Assunto: extinção do ciclo

Concordo plenamente com a extinção do ciclo de formação humana. A criança precisa ter um conhecimento adquirido para poder seguir em seus estudos. Contudo, para extinguir tem que melhorar também o sistema de avaliação, que não pode ser só por nota alcançada na prova mas avaliar o aluno de forma integral. Com relação a recuperação, já deve ser implantado no decorrer do ano evitando a reprovação do aluno e não após duas retenções consecutivas.

Data: 04/11/2013

De: jose rezende

Assunto: puxa saco....do Riva

O que eu gosto nesse site é que quase não tem noticias sobre o RIVA !
É só quase uma por dia...
Isso é o que podemos chamar de "imprensa isenta"
Puxação de saco ! A gente vê por aqui !

Data: 04/11/2013

De: Onoroso Peregrino

Assunto: Re:puxa saco....do Riva

José Rezende, você é burro ?
Vc sabe ler ?
Aí tá falando do Ezequiel Fonseca e não do Riva.

Data: 05/11/2013

De: jose rezende

Assunto: Re:Re:puxa saco....do Riva

Onoroso,
Voce já deu o seu cu hoje ?
Se já, dá de novo...se ainda não, dê agora !
Mas me larga de mão.......

Novo comentário