04/11/2015 - 100 km de asfalto da MT-020 devem ficar prontos até o ano que vem

04/11/2015 - 100 km de asfalto da MT-020 devem ficar prontos até o ano que vem

CANARANA - Até o final do ano que vem 99,99 km da MT-020 devem estar asfaltados. As informações são de Klaus Driemeyer, engenheiro da Rodocon Construções Rodoviárias, responsável pelos três primeiros lotes da rodovia, que tem mais de 260 km entre Canarana e Paranatinga. Os quase 100 km que devem ficar prontos até o final de 2016, ficam no trecho entre a cidade de Canarana e a ponte do rio Culuene aproximadamente, passando pelos distritos do Garapú e Culuene. É o trecho que fica dentro do município de Canarana. Atualmente estão trabalhando na obra mais de 100 homens.

Klaus disse que o primeiro lote de 33 km, que já tinha sido liberado para o tráfego ainda no ano passado, está agora também com a sinalização pronta, pintura das faixas e placas, além de tachinhas e tachões. Do segundo lote 10 km foram liberados recentemente para o tráfego, totalizando 43 km. Mas a previsão é terminar até o final do ano 22 km do segundo lote e liberar para o tráfego. “Se o tempo colaborar, podemos alcançar até 28 km do segundo lote anda neste ano”, disse o engenheiro, acrescentando que as obras não devem parar no período chuvoso. Os primeiros trabalhos do terceiro lote devem iniciar em breve para que se possa entregar os 100 km até o final de 2016.

Também existe a previsão orçamentária para liberar recursos para a duplicação das pontes do rio Sete de Setembro e a substituição das pontes de madeira, obra que não consta no projeto executado pela Rodocon. Enquanto isso, a empresa, por conta própria, sinalizou as pontes do rio Sete de Setembro e de outros rios que cortam a rodovia para evitar acidentes, pois são pontes de mão única, o que já causou uma vítima fatal neste ano.

Pelas informações apuradas pelo Jornal O Pioneiro, o quarto lote de 33 km a partir de Canarana teve as obras iniciadas neste ano por outra construtora, mas pouco foi executado. Conforme as fontes, o Governo do Estado já deu ordem de serviço para todos os lotes, mas muitas empreiteiras que ganharam as licitações não possuem capacidade de execução, o que está atrasando a construção do asfalto. A expectativa é que haja quebra de contrato e esses lotes passem para outras construtoras. Se isso ocorrer ainda no ano que vem, até o final de 2017, numa previsão otimista, a rodovia que encurta em 200 km o trajeto até Cuiabá estará pronta. 

 

Até o final do ano espera-se liberar mais de 55 km para o tráfego   

 

Pintura e sinalização já estão prontas no primeiro trecho 
 


43 km já foram liberados para o tráfego  
 

Pontes de mão única no rio Sete de Setembro foram bem sinalizadas

 

Jornal O Pioneiro

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário