04/12/2013 - TSE nega pedido do Ministério Público para aumento de inelegibilidade de Roberto Farias e Prefeito de Barra do Garças permanece no cargo

O pleno do TSE julgou nesta terça-feira (03) o mérito do Processo nº 406492, onde foi mantida a decisão do TRE-MT. A ação judicial por abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação social por Roberto Ângelo de Farias nas eleições de 2010 quando foi candidato a Deputado Federal, porém, o TSE negou o pedido do Ministério Público Estadual para que a inelegibilidade de Roberto Farias passasse de 3 para 8 anos.

    

Com esta decisão Beto se mantém no cargo já que a pena de 3 anos prescreveu em 03 de outubro de 2013, “O prefeito continua no cargo e pode inclusive disputar as eleições do ano que vem se quiser, hoje ele está elegível, já que foi negado o pedido para aumento do período de inelegibilidade, hoje não se discute a cassação do prefeito, pois o registro de candidatura de 2012, foi transitado e julgado, inclusive o prazo para entrar com ação de cassação de diploma já prescreveu, portanto, a população pode ficar tranquila que o prefeito continua no cargo”, destacou o advogado Dr. Roberto Vilela.    

 

Prefeito lamenta perseguição e a resposta será com mais trabalho

    

O prefeito comentou a decisão afirmando ser mais um episódio de perseguição política, “Este grupo vem tentando de várias formas me prejudicar a vários anos, da mesma forma que fizeram com o meu pai Wilmar Peres, eles não medem consequências, não se preocupando com o bem estar da população e o desenvolvimento de Barra do Garças, mas a resposta vamos dar com muito trabalho, afinal, foi para isso que fomos eleitos.”, disse Beto.

    

Roberto Farias lança nesta quarta-feira, a Programação de Natal, Reveillon e Carnaval 2014.

 

Vontade do povo mantida

    

Roberto Farias foi eleito no dia 07 de outubro de 2012 com 14.238 votos numa eleição com 5 candidatos, obtendo umas das maiores votações da história de Barra do Garças.  

 

Por: Vander Lima