05/02/2011 - 12h:19 Caminhoneiros prometem entrar em greve no pico da safra

Os caminhoneiros empregados que transportam grãos em Mato Grosso prometem ir à Justiça contra as empresas de transporte e não descartam entrar em greve no pico da safra. Eles pleiteiam indenização por hora parada. Segundo Silvio Marinho, assessor jurídico do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Rondonópolis e da Federação dos Trabalhadores Rodoviários do Estado do Mato Grosso (Fettremat), ao contrário dos autônomos e das empresas, os empregados não recebem nada (além do salário e da comissão) enquanto ficam dias e dias à espera do carregamento e do descarregamento.

E como a maior parte do salário deles é comissionada, quando ficam muito tempo nas filas, eles perdem produtividade e, em consequência, têm uma remuneração menor ao fim do mês.

O diretor executivo do Sindicato das Empresas de Transporte de Carga  (Sindmat), Gilvando Alves de Lima, concorda que essa compensação do tempo parado reivindicada pelos empregados deve ser discutida, “desde que não interfira na livre negociação comercial entre transportadora e embarcador”.

Ele disse esperar que as entidades que representam os trabalhadores apresentem esta proposta na pauta de reivindicação. Questionado se o assunto não poderia ser discutido agora, ele afirmou que não: somente na data-base da categoria, que é maio. “As negociações devem começar em final de março ou abril”, informou.

Fonte:Agência da Notícia com 24horasnews