05/03/2011 - 14H:39 Carnaval começa com 9 mortes violentas; 2 homicídios e 7 acidentes fatais

Os dias que seriam reservados para festas e alegrias durante o Carnaval estão se transformando em violência e tragédias. Duas pessoas foram assassinadas e outras sete morreram em acidentes de trânsito. Três deles morreram na região de Cuiabá, e as outras quatro nas rodovias federais de Mato Grosso apenas no primeiro dia da Folia de Momo. Um jovem levou mais de seis tiros e outro mais de dez facadas.

Já no final da madrugada desta sexta-feira (04) o jovem Victor Hugo Carvalho de Andrade, de 21 anos, foi executado com vários tiros. O crime aconteceu no bairro Cohab São Gonçalo, região do Coxipó, na Capital, que registra o segundo assassinado em menos de uma semana.

Já na madrugada deste sábado (5) o jovem Roque Duarte Vieira, de 20 anos foi executado com mais de dez facadas. O crime aconteceu no bairro Nova Esperança, região do Coxipó, na periferia de Cuiabá.

As duas mortes podem estar envolvidas com drogas e roubos. Roque, por exemplo, seria viciado em droga e costumava praticar roubos e furtos na região para sustentar o vício. Os dois casos já estão sendo investigados pela Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP).

SETE MORTES

O trânsito já fez sete vítimas fatais logo no primeiro dia Carnaval. Três pessoas perderam a vida tragicamente na região metropolitana de Cuiabá e na Baixada Cuiabana.

As vítimas foram: a menina Gleiciane Caroline Francisca, de anos 12 anos; Aécio Semi Rodrigues, de 30 anos, e a uma senhora de 80 anos identificada como Maria de Oliveira Santos, morta por atropelamento.

Nas estrada federais do Estado, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) já registrou mais de uma dezenas de acidentes automobilísticos, alguns deles com vítimas fatais envolvidas em grandes tragédias, que também deixaram outras pessoas feridas, algumas inclusive em estado grave.

Morreram nas rodovias federais: Josner Fabrício Pinto dos Santos; Valdivino Rodrigeus de Oliveira, de 36 anos, Marcos Dias de Souza, de 30 anos, e José Carlos de Moraes, de 46 anos.

 

José Ribamar Trindade
Redação 24 Horas News

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário