05/04/2012 Aneel aprova reajuste de energia, mas impede Cemat de repassar alta em MT

A Agência  Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou na manhã desta terça-feira, 3, o reajuste da tarifa de energia da Centrais Elétricas Matogrossenses (Cemat). No entanto, segundo a Aneel, a distribuidora não vai poder repassar o aumento tarifário por estar inadimplente. A empresa não pagou encargos do setor elétrico, conforme a agência.

A alta no preço da energia elétrica estava previsto para entrar em vigor no dia 8 de abril. A distribuidora havia pedido à agência um aumento de 9,4%, mas a Aneel só aprovou o reajuste de 2,62%, em média. A Cemat informou, por meio da assessoria de imprensa, que não vai se manifestar sobre o assunto.

A concessionária atende 1,1 milhão de unidades consumidoras e tem faturamento anual de R$ 2,1 bilhões ao ano. De acordo com comunicado oficial, a Aneel aprovou dois índices que podem ser aplicados às contas de luz dos consumidores da distribuidora conforme a classe de consumo. Para o consumidor residencial (de baixa tensão, abaixo de 2,3 kV), o reajuste pode ser de 2,79%. Já para as indústrias (alta tensão, de 2,3 a 230 kV), o aumento poderá ser de 2,17%.

 

Fonte: G1-MT

ERICKSEN VITAL

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário