05/04/2013 - Vereador é flagrado com pescado irregular no Araguaia

 

Denunciado à Polícia Rodoviária Federal (PRF) por transportar pescado irregular, o vereador do município de General Carneiro, Jackson Luiz Rodrigues Alves (PR) acabou detido na noite desta quarta-feira (03) em Barra do Garças por uma equipe da PRF que constatou a existência de 8 peixes da espécie Piraíba, cuja pesca está proibida em Mato Grosso. Contudo, o vereador, enquanto era escoltado por 2 viaturas da PRF até a sede da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) aproveitou um “descuido” e fugiu em alta velocidade pelas ruas da cidade. A equipe que atendeu a ocorrência afirma que ele furou 2 sinais vermelhos e diante da situação que oferecia riscos a terceiros a perseguição acabou suspensa depois de alguns minutos.

O vereador conseguiu fugir, porém, sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o documento do veículo, um Fiat Punto, placa OBC 3075 ficaram apreendidos com os agentes da PRF. Inspetor-chefe da 8ª Delegacia da PRF de Barra do Garças, Elói Grison explica que é procedimento em qualquer abordagem solicitar a documentação do condutor e do veículo para chegarem. Nos casos onde o crime cometido não oferece risco aos agentes e nem a terceiros, mas existe a necessidade de se deslocar até a delegacia, como foi o caso, o suspeito é escoltado pela viatura policial sem uso de algemas.>>>

De acordo com o policial, o carro do vereador era escoltado por 2 viaturas, se deslocando entre 2 carros da PRF. Foi então, que num determinado momento ele arrancou com o veículo e empreendeu fuga. “Após um certo período de acompanhamento tático, as equipes optaram por suspender a ação, pois a alta velocidade desenvolvida pelo suspeito colocava em risco a segurança de pedestres e outros condutores”, informa Grison. No registro, consta que o vereador furou 2 semáforos vermelhos. Buscas ainda foram efetuadas pela região, mas sem sucesso.

Diante da comprovação do pescado irregular dentro do carro do vereador e a fuga da abordagem, o caso foi encaminhado para Delegacia Municipal da Polícia Civil de Barra do Garças. Na ocorrência registrada pela PRF foi informado que ele cometeu 2 crimes: desobediência e direção perigosa. “O veículo também será notificado (multado) pelas infrações de trânsito cometidas a partir da fuga”, esclarece o inspetor da PRF, referindo-se ao avanço sobre o sinal vermelho. A alta velocidade, apesar de ser confirmada pelos policiais, não é possível provar, uma vez que segundo o agente, não houve emprego de radares móveis para comprovar o fato.

Agora, o vereador deverá prestar esclarecimentos à Polícia Civil, onde terá que ir buscar os documentos do veículo e a CNH. “Caberá ao delegado decidir se autua ele ou não pelo crime ambiental”, enfatiza Elói Grison, ressaltando que apenas os depoimentos dos policiais que flagraram os peixes no carro do vereador já são suficientes para sustentar a acusação de crime ambiental.

De acordo com informações da Justiça Eleitoral, Jackson Luiz Rodrigues Alves era funcionário público municipal. Ele foi o vereador mais votado de General Carneiro em 7 de outubro de 2012, sendo eleito com 197 votos pela coligação União e Progresso (PT, PR, DEM e PRP).

Pesca proibida

A espécie Piraíba é um dos peixes que está com a pesca proibida em Mato Grosso por força da lei 9.794 de 2012, criada pelo deputado estadual Zeca Viana, aprovada pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso e sancionada pelo governador Silval Barbosa. Porém, caberá à Polícia Civil decidir se autua ou não o parlamentar pelo crime ambiental, uma vez que ele fugiu levando os peixes no veículo.

 

Escrito por O Documento

 

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário