05/04/2016 - Senador aliado de Temer sugere novas eleições

05/04/2016 - Senador aliado de Temer sugere novas eleições

O senador Valdir Raupp (PMDB-RO), membro da executiva nacional do PMDB, afirmou nesta segunda-feira no plenário do Senado que o vice-presidente Michel Temer disse a ele que não gostaria de assumir o governo na atual conjuntura política e econômica. "Michel Temer me ligou há uma semana dizendo 'Raupp, eu não quero ser presidente da República em uma situação dessas'. Repito, ele disse: 'Raupp, eu não quero ser presidente numa situação dessas porque, com impeachment ou sem impeachment, isso não vai acabar bem'", ressaltou.

O senador peemedebista afirmou que se tratava de um "testemunho" sobre o pensamento do vice-presidente Michel Temer. Segundo Raupp, o telefonema aconteceu antes do dia 29, quando o PMDB selou o seu desembarque do governo. "Michel estava em São Paulo e eu estava aqui (em Brasília), reunido com meia dúzia de senadores do PMDB", relatou o senador, que atribuiu o recolhimento do vice-presidente às críticas que ele tem recebido. Raupp repetiu, por uma terceira vez, que Temer disse que não gostaria de ser presidente agora.

O relato foi feito enquanto o senador defendia a criação de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que convoque eleições presidenciais para outubro deste ano, quando os brasileiros vão às urnas para eleger prefeitos e vereadores. Para Valdir Raupp, o pleito seria uma alternativa ao impeachment e também a uma improvável renúncia de Dilma Rousseff. Neste fim de semana, em resposta a um editorial do jornal Folha de S. Paulo, Dilma reafirmou que "jamais renunciará".

Raupp sugeriu ainda que a presidente se reuna com os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski, para buscar soluções para a crise. O senador disse que Temer participaria de bom grado desta conversa.

A assessoria do vice-presidente informou que "Michel Temer desconhece este diálogo".

 

 

Estadão

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário