05/05/2014 - Mãe de quatro filhos é vitima de latrocínio em pequena cidade de MT

Um crime bárbaro ocorreu em Cocalinho, região do Vale do Areaguaia, e chocou toda a cidade. Por volta das 5 horas da manhã de sábado, 3, em plena área central , próximo da Igreja Católica, uma mulher conduzindo uma motocicleta Biz foi vítima de latrocínio. Na pequena cidade de Cocalinho, aconteceu um roubo seguido de morte. A vítima foi Cleide Barbosa da Luz, 35 anos, mãe de 4 filhos. O crime foi brutal. Ela foi assaltada e os suspeitos armados de faca, deram um golpe no pescoço dela, causando sua morte.

 

Os suspeitos fugiram com sua motocicleta rumo a Britânia, cidade do interior de Goiás, pela estrada do Itacaiu. O fato foi comunicado às forças policiais de Cocalinho, que iniciaram perseguição aos suspeitos. Utilizando um veículo descaracterizado, a patrulha da Polícia Militar localizou dois suspeitos a cerca de 40 quilômetros de Cocalinho, ainda em território mato-grossense.

 

Por volta das 9hs da manhã de sábado, a motocicleta apresentou defeito mecânico e os dois suspeitos pediam carona. Os policiais militares abordaram os dois suspeitos e perceberam que eles tinham as roupas ensanguentadas.

 

Os policiais também encontraram uma toalha suja de sangue onde eles tentaram se limpar após praticarem o latrocínio. A faca também foi localizada pelos policiais.

 

Os dois suspeitos, Aloisio Mendes da Silva ‘Júnior’, 18 anos, e José Lucas Martins ‘Zé Luquinhas’ Faustino, 18 anos. Ambos foram conduzidos até o destacamento da Polícia Militar, e posteriormente, para a Delegacia de Polícia para a lavratura do auto de prisão em flagrante. ‘Júnior’ mora a poucos dias em Cocalinho. ‘Zé Luquinhas’ é morador da cidade. Aos policiais militares, os dois jovens negaram o crime, acusando-se mutuamente pelo latrocínio.

 

O crime chocou a comunidade de Cocalinho. Dezenas de pessoas cercaram o destacamento da Polícia Militar, tentando linchar os suspeitos neste sábado.

 

O sargento Sidney informou ainda que tomou todas as medidas para garantir a integridade dos suspeitos. Eles foram transferidos esta manhã para a Penitenciária Regional Major Zuzi em Água Boa.

 

 

Noticias Interativas

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário