05/06/2013 - Ponte na divisa de MT e GO é fechada pela segunda vez

Manifestação começa no fim da manhã desta quarta-feira impedirá o tráfego por três horas em protesto da classe política de Aragarças-GO

A ponte sobre o rio Araguaia, na divisa de Mato Grosso e Goiás, na região de Barra do Garças, novamente será fechada nesta quarta-feira (05) por três horas em protesto da classe política de Aragarças-GO contra o "caos" do posto fiscal de Pontal do Araguaia. A manifestação será das 10 às 13 horas com intuito de sensibilizar o governo de Mato Grosso a retirar o posto fiscal como fez o estado de Goiás do lado goiano.
 

O prefeito de Aragarças, Aurélio Mendes, informou que tem o apoio de onze vereadores, comerciantes e profissionais liberais do município goiano e até mesmo moradores de Barra e Pontal para promover esse protesto. O tucano ressaltou que o acumulo de carretas vem afetando o cotidiano das três cidades onde as pessoas enfrentam horas para atravessar de um lado para outro.
 

Aurélio destacou que Goiás já fez a sua parte em 2011 quando desativou o posto fiscal do lado goiano e há dois anos Mato Grosso prometeu fazer o mesmo mas ainda não o fez. O governo de Mato Grosso chegou a construir dois novos postos fiscais na saída de Barra para Cuiabá e Nova Xavantina mas ainda não eram em funcionamento.
 

O vereador de Barra do Garças, Valdemir Barbosa (PSD), defende que seja dado um novo prazo para Mato Grosso retirar o posto fiscal de Pontal do Araguaia.

Em média, passam pela região de Barra cerca de mil carretas por dia. A manifestação desta quarta-feira será num horário de pico onde o tráfego é intenso e pode gerar até mesmo insatisfação dos motoristas, todavia o prefeito de Aragarças disse que está pronto para realizar essa interdição.
 

O secretário de Comunicação de Aragarças, Marcos Aurélio, disse que a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar, Polícia Civil, promotores e até mesmo juiz de Aragarças já foram informados sobre a manifestação desta quarta-feira.
 

O acumulo de carretas em Barra se deve ao fato que a região é rota de escoamento da produção de soja de Mato Grosso para o porto de Santos-SP e que a saída para esse impasse seria a construção do contorno viário para retirar as carretas do perímetro urbano de Barra e asfaltamento da MT 100 para levar a produção de soja via ferrovia em Alto Araguaia. 

 

semana7.com

COMENTÁRIOS

Data: 06/06/2013

De: ESTAMOS DE OLHO

Assunto: ponte de barra do garça

eeeeee vcs tem o que merece !!!!..... se foce o Dantinho o prefeito da barra do garças eu queria ver isto a conte ser, que esta esta merda que esta ai como prefeito vc merece ficar isolado.

Novo comentário