05/08/2015 - Unidades da Polícia Civil recebem novas viaturas

O Governo do Estado entregou nesta segunda-feira (03.08) 36 novas viaturas para unidades da Polícia Judiciária Civil de 25 municípios do interior do Estado. As novas viaturas, que fortalecerão as ações policiais em Mato Grosso, fazem parte do programa de incremento da frota da Segurança Pública, previsto no novo acordo de resultados assinado recentemente pelo secretário de Segurança Pública, Mauro Zaque.

As caminhonetes são do modelo L200 Triton com novo padrão internacional de identidade visual, devidamente equipadas para atender as demandas da atividade policial. A cerimônia de entrega foi realizada no Palácio Paiaguás.

Segundo o secretário de Estado de Segurança Pública, Mauro Zaque, esse é mais um passo da transformação da Segurança Pública de Mato Grosso. “O que estamos celebrando aqui não é entrega de viaturas para a Polícia Judiciária Civil mas, sim, conseguir atender a população de municípios que quase nunca são lembrados, e hoje estão recebendo a atenção merecida”, disse.

O delegado geral da Polícia Judiciária Civil, Adriano Peralta, agradeceu o governador Pedro Taques pelo respeito e prioridade na Segurança Pública. “A Polícia Judiciária Civil se sente privilegiada em receber as 36 viaturas que são adequadas para o trabalho policial com maior eficiência”.

Receberam os novos veículos as unidades da Polícia Judiciária Civil dos seguintes municípios: Acorizal, Araguaiana, Arenápolis, Cláudia, Diamantino, Guarantã do Norte, Marcelândia, Matupá, Nova Canaã do Norte, Nova Xavantina, Peixoto de Azevedo, Porto dos Gaúchos, Sorriso, Tapurah, Terra Nova do Norte, Novo São Joaquim, Querência, São José do Rio Claro, Lucas do Rio Verde, Vera, Jangada, Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Chapada dos Guimarães e Santo Antônio do Leverger.

O prefeito de Querência, Gilmar Wentz, espera que a nova viatura contribua para fortalecer o trabalho policial na cidade. “Esperamos que a nova viatura possa contribuir para a melhoria da Segurança em Querência”.

Além desses municípios, também foram contempladas unidades especializadas da Polícia Civil, como a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e a Gerência de Operações Especiais (GOE).

Para o governador do Estado, Pedro Taques, a polícia tem que ser aparelhada tecnicamente. “A polícia tem que ter homens e mulheres que possam trabalhar em um ambiente digno, condições materiais para trabalhar em integração e regionalização, e por isso que essas viaturas serão importantes. Não só para polícia, mas também para o cidadão”, falou.

Incremento da frota

A Secretaria de Segurança Pública já entregou para unidades da Polícia Militar do interior do Estado, 50 novas caminhonetes modelo L200 Triton com padrão internacional de identidade visual. Desse total de 50 caminhonetes, oito foram destinadas às forças especializadas da Polícia Militar, sendo quatro para o Batalhão de Operações Especiais (Bope) e quatro para a Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam).

Ainda, dentro do programa de incremento da frota, a Sesp receberá duas caminhonetes para o Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), duas para a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e 17 veículos modelo Pálio Adventure motor 1.8 que irão para setores administrativos das polícias Civil e Militar.

Também está previsto no novo acordo de resultados a locação de novas motos, para deslocamento rápido no atendimento das ocorrências, e 200 novas viaturas modelo SW4, que são veículos mais potentes para atender ocorrências de maior complexidade, como roubos, sequestros, perseguições, entre outras.

A recomposição do efetivo e a mobilidade adequada da tropa com veículos mais robustos são dois pilares fundamentais da Segurança Pública de Mato Grosso. “Por muito tempo os municípios do interior ficaram esquecidos na política de Segurança Pública, e temos o compromisso de reverter esse quadro. Por essa razão, a maior parte das viaturas desse primeiro lote será destinada às unidades da Polícia Civil do interior do Estado, com foco exclusivamente operacional, de combate ao crime”, enfatizou o secretário Executivo de Segurança Pública, Fábio Galindo Silvestre.  

 

Assessoria/Sesp-MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário