05/08/2016 - Disputa eleitoral volta “à estaca zero”, avalia pré-candidata

05/08/2016 - Disputa eleitoral volta “à estaca zero”, avalia pré-candidata

A ex-senadora e pré-candidata a prefeita, Serys Slhessarenko (PRB), avaliou que a disputa pela Prefeitura de Cuiabá “volta à estaca zero” com a desistência do prefeito Mauro Mendes (PSB).

 

Mendes anunciou na manhã desta quinta-feira (4) que não irá tentar mais um mandato no Alencastro.

 

“A disputa vai mudar consideravelmente. Mas temos que esperar um pouco mais para fazer uma análise completa, pois não se sabe se virá substituto e quem será. Analiso que começar de novo”, afirmou.

 

“É quase que voltar à estaca zero, para o grupo político do prefeito e até mesmo para outros grupos que disputam a Prefeitura”, disse.

 

Julier mantém confiança

Julier Sebastião 280616

O também pré-candidato Julier Sebastião (PDT) não quis comentar os possíveis impactos da desistência do chefe do Executivo.

 

Questionado pela reportagem, ele apenas reinterou o que vem dizendo nas últimas semanas.

 

“Mantenho a mesma previsão: nós estaremos no segundo turno, mas quem será o nosso adversário eu não sei. Até então, a disputa era entre Emanuel e Mauro”, afirmou.

 

“A única candidatura com aliança consolidada, nesta reta final antes das convenções, é a nossa. Por isso, vamos para o segundo turno e vamos vencer as eleições”, declarou.

 

Desistência 

 

Desde que o chefe do Executivo confirmou sua decisão, membros da cúpula do PSB, PSDB, PSD e DEM se reuniram na sede estadual da sigla tucana, para buscar a definição de um nome para substituí-lo.

 

Além dos motivos pessoais, a falta de recursos teria pesado na decisão de Mendes, já que suas empresas se encontram em recuperação judicial, com dívidas da ordem de R$ 100 milhões.

 

Nos bastidores, o recuo deixa um indicativo claro: Mendes pretenderia disputar as eleições de 2018, seja para o Governo ou para o Senado.

 

O fato de possuir bons índices de aprovação e avaliação, como mostrou recentemente o Voice Pesquisas, também teria sido considerado, já que ele terminará sua gestão em alta junto à opinião pública. 

 

Por meio de nota, o prefeito disse que tomou a decisão de desistir de tentar à reeleição após "um longo e profundo processo de reflexão, considerando aspectos exclusivamente pessoais e familiares". 

 

 

Mendes disse também que honrará até o dia 31 de dezembro os compromissos que assumiu na Prefeitura. 

 

 

 

 

Airton Marques 

Da Redação

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário