05/09/2015 - Homem acusado de matar colega enquanto dormia com golpes de pé de cabra é preso no Araguaia

Um homem acusado de matar o colega, com quem dividia a moradia, foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na quarta-feira, (02), em ação da Delegacia de Polícia de Ribeirão Cascalheira. O suspeito, Adevaldo Pereira dos Santos, 43, conhecido como “Gaguim”, matou o colega enquanto ele dormia e estava com a prisão decretada pelo crime de homicídio qualificado.

O crime aconteceu no início deste ano, no Distrito da Vila Campinas, em Bom Jesus do Araguaia. A vítima, Marcio Benedito Guimarães conhecido como “Catatau”, morreu após ser atingida na cabeça por um golpe de pé de cabra, e no pescoço por uma faca.

Conforme apurado, o acusado e a vítima eram conhecidos da cidade de Querência, e passaram a morar juntos na região para trabalhar e dividir aluguel. Ambos pagariam a quantia de R$ 100 cada, para o proprietário do imóvel, porém a vítima Marcio não pagou o valor combinado com o dono.

Em depoimento, o acusado disse que o colega, Marcio, começou a dizer que mataria duas pessoas, sendo uma delas o proprietário da casa. Segundo o suspeito ele estava com medo do colega e aproveitou o momento que Marcio dormiu para matá-lo. Ele desferiu na cabeça da vítima um golpe de pé de cabra, e em seguida pegou a faca da cintura da vítima e cortou o pescoço dela.

Com os indícios de autoria, Adevaldo teve o pedido de prisão representado pelo delegado de polícia, Deuel Paixão de Santana, por homicídio qualificado e decretado pela Justiça.

Com a ordem de prisão, a equipe de policiais civis realizou diligências e efetuaram a prisão do procurado em uma fazenda próxima a Vila Campinas.

Após o cumprimento do mandado de prisão, Adevaldo foi levado à Delegacia de Polícia de Ribeirão Cascalheira, onde foi interrogado, e posteriormente encaminhado para a unidade do Sistema Prisional da cidade de Água Boa.

 

 

Araguaia Noticia

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário