05/10/2016 - Soja Brasil encerra a passagem pelo Araguaia com a participação de mais de 800 pessoas

05/10/2016 - Soja Brasil encerra a passagem pelo Araguaia com a participação de mais de 800 pessoas

Mais de 800 pessoas participaram do Soja Brasil na terceira semana de eventos em Mato Grosso.  Este projeto é realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT), Cana Rural e Aprosoja. Ele acontece em parceria com os Sindicatos Rurais de cada município por onde passa. Além destes, o Soja Brasil conta com diversos outros parceiros.
 
Encerrado no município de Nova Xavantina, na sexta-feira (30.09) e no sábado (01.10), as palestras e oficinas atraíram pessoas interessadas em saber mais especificamente sobre sucessão familiar. Porém os outros assuntos relacionados a gestão de propriedades rurais também tiveram a participação intensa do público.  
 
Querência, Canarana, Gaúcha do Norte, Água Boa e Nova Xavantina foram os municípios visitados nesta última semana. O supervisor do SENAR-MT, da regional de Querência, Kleber Muller, conta que de acordo com o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), juntos estes municípios plantam cerca de 950 mil hectares e produzem mais de 2.5 milhões de toneladas de soja, o que representa 10% da produção de Mato Grosso.
 
Muller destaca ainda que a região é de transição. "A base da economia era a pecuária e, depois chegou a agricultura. Nos últimos anos está acontecendo a integração lavoura e pecuária. Nos últimos anos, a base da economia tem sido a agricultura e também a pecuária. Essas mudanças demandam muito a qualificação de mão de obra e, é esse o papel do SENAR-MT qualificar os profissionais para atuarem nestas áreas".
 
A pecuária também está em plena expansão na região. O rebanho de bovinos é de aproximadamente 1,5 milhão de cabeças, o que representa 5% do rebanho de Mato Grosso. "A demanda de treinamentos para essa área também aumenta a cada ano junto aos Sindicatos Rurais e, consequentemente, junto ao SENAR-MT", explica Muller.
 
 NOVA XAVANTINA – Essa é a segunda vez que a Carrega Brasil estaciona em Nova Xavantina. Para o presidente do Sindicato Rural, Endrigo Dalcin é importante que o produtor participe deste tipo de evento. "No ano passado foi um sucesso, os assuntos atraíram muito a atenção dos agricultores que participaram com muita intensidade fazendo perguntas e tirando todas as dúvidas que tinham sobre aplicação de defensivos que, era um dos assuntos da Caravana Soja Brasil na safra passada".
 
Dalcin ressalta que o SENAR-MT tem feito o seu papel que é de levar conhecimento, qualificação e capacitação para o homem do campo. "Este ano, o assunto sucessão familiar chamou muito a atenção dos produtores de nossa região. Gestão também é importante porque acabamos de sair de uma safra complicada onde tivemos muitas perdas. A queda de produtividade foi muito grande e todo conhecimento que ajude o produtor a colocar tudo na "ponta do lápis" e minimizar as perdas é importante".
 
Para a família Arruda de Faria, a sucessão familiar foi a palestra mais importante. "Nosso filho mais novo já tem mais de 30 anos. Precisamos pensar no assunto", Conta Antonio Arruda de Faria, de 74 anos. Ele diz ainda que atualmente todos trabalham juntos. "Mas já sentimos a necessidade de definir funções e estabelecer regras para que possamos melhorar nossa produtividade. Afinal planejamento é tudo".
 
Maria Rita Arruda de Faria, com 68 anos, acrescenta que a palestra de sucessão familiar do Soja Brasil trouxe muitas ideias. "É assim que começa. Ouvimos uma coisa aqui, outra ali e, daqui a pouco vamos fazer um curso. Aos poucos, vamos fazendo a sucessão. Eu e o Antonio já estamos com idade avançada. Já chegou a hora de passarmos as responsabilidades dos negócios para os filhos e irmos aproveitar a vida", diz em tom de brincadeira.
 
ÚLTIMA SEMANA – Nesta segunda-feira (03.10), a Carrega Brasil estaciona pela primeira vez em Paranatinga. Depois segue para Primavera do Leste. Na quarta (05.10) estará em Jaciara e o Projeto Soja Brasil encerra suas atividades em Mato Grosso na quinta-feira (06.10), em Alto Garças. No final, o Soja Brasil terá visitado 16 municípios mato-grossenses e rodado mais de cinco mil quilômetros.

 

 

 

Assessoria Senar

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário