05/11/2013 - Estado finaliza edital e garante mais dois mil militares para PM e Bombeiros e MT

O impacto inicial estimado é de R$ 10 milhões/mês com salários e outras vantagens e benefícios.

Já está pronto para ser publicado, faltando apenas ajustes o Edital que abre concurso público para 2.5 mil vagas para as Forças Policiais do Estado, Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil e Corpo de Bombeiros Militar. “Nos próximos dias a publicação deverá acontecer e com certeza os novos soldados ou alunos que forem aprovados estarão fazendo parte das forças que atuarão na Copa do Mundo em 2014”, disse o secretário de Administração, Francisco Faiad.

O impacto inicial estimado é de R$ 10 milhões/mês com salários e outras vantagens e benefícios.

“É um verdadeiro exército de 2,5 mil homens que após aprovados terão que ser capacitados, treinados, uniformizados, armados e precisarão de condições de trabalho e isto demanda tempo, recursos e principalmente esforço por parte da equipe de governo”, disse o secretário de Administração que faz parte junto com os titulares da Fazenda, Marcel de Cursi; do Planejamento, Arnaldo Alves; Casa Civil, Pedro Nadaf; Procuradoria Geral do Estado, Jenz Prochnow e Auditoria Geral do Estado, José Alves.

O governador Silval Barbosa (PMDB) lembrou que ainda busca outras parcerias com o Governo Federal como a que resultou na entrega de armamentos, veículos, equipamentos para 11 municípios que fazem fronteira com a Bolívia, com investimentos de R$ 6 milhões.

O investimento faz parte do programa Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (Enafron).

O Enafron quer dar condições para que as polícias consigam coibir, de forma mais qualificada, crimes típicos transfronteiriços como tráfico de drogas e contrabando melhorando a qualidade de vida da população.

As cidades beneficiadas foram Cáceres, Porto Esperidião, Tangará da Serra, Barra do Bugres, Nova Lacerda, Pontes e Lacerda, Comodoro, Vila Bela da Santíssima Trindade, Mirassol D’Oeste, São José dos Quatro Marcos e Campos de Júlio.

As unidades policiais receberam um pacote contendo 25 caminhonetes última geração, três micro-ônibus, três veículos para transporte de cadáveres, dois caminhões guincho, fuzis, metralhadoras, pistolas e equipamentos como binóculos de visão noturna, decibelímetros, televisores, impressoras, balança de precisão e detectores de metais.

 

O Documento

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário