05/11/2014 - Capitão da PM é preso após ser acusado de agredir a ex-esposa grávida de 8 meses com soco na barriga

Mais um caso de violência doméstica chama atenção das autoridades e revolta a sociedade. Uma mulher grávida de oito meses foi agredida pelo ex-marido com um soco na barriga. A vítima ainda sofreu uma lesão no braço direito e o agressor foi preso e autuado em flagrante. A vítima, a soldado Karen de Arruda Fortes, de 26 anos, denunciou o ex-companheiro, o capitão da Polícia Militar Willyan Becker Dematini, de 30 anos, com quem a vítima tem uma filha de três anos. Só que, o acusado conta que agiu para evitar uma desgraça ainda maior, pois Karen ameaçava a atira contra ele.


Tudo aconteceu nesta sexta-feira, 31/10 dentro de um restaurante localizado na Rua Benedito Leite, no bairro do Porto, área central de Cuiabá. O capitão  Becker foi preso por volta das 2h30 da madrugada de deste sábado, 1 de novembro, quando recebeu voz de prisão do delegado Daniel Lemos Valente, de plantão na Central de Flagrantes do bairro Planalto, na capital.

 

 

A vítima contou à Polícia, que estava com a filha no restaurante, quando seu ex-marido, o capital-PM Becker entrou em companhia de sua nova namorada, também uma policial militar feminina. “Levante e estava indo embora quando fui atacada no estacionamento. Ele me deu um soco na barriga”, disse a soldado Karen ao fazer a dennúncia.


Neste momento, segundo ainda a soldado Karen, a bolsa dela abriu e a arma dela caiu. Ao tentar resgatar a arma, ela conta que foi mais uma ez agredida, pois o oficial da PM torceu o seu braço para pegar a arma e causou uma lesão em seu punho direito.

 

 Ao fazer a denúncia e ser encaminhada para a Central de Flagrante, o delegado Daniel mandou intimou o acusado para que comparecesse até o local. Lá, segundo ainda a Polícia, o capitão  Becker recebeu voz de prisão e foi autuado em flagrante em crime de lesão corporal dentro da Lei nº 11.340/2006, também conhecida como Lei Maria da Penha.


A versão do oficial, no entanto, é bem diferente da ex-esposa. Ele alega que apenas tentou tirar a arma da mão de Karen porque ela estava muito nervosa, passou a ofender sua atual namorada e ainda ameaça atirar contra ele. O oficial da Polícia Militar já está em liberdade depois de pagar fiança em Juízo. A reportagem não conseguiu contato com o capitão Becker para que ele desse mais explicações sobre sua prisão.

 

 

 

José Ribamar Trindade

 

Comentários

Data: 05/11/2014

De: Leitor

Assunto: Prêmio

kkk, na votassão dos profsionais já ta dando + de 5 mil voto. Da onde que tem esse tanto de computador votando. kkkkkkkkkkkkkkk Uma pessoa vota quanta veze quiser, daí a maioria de algunskkkkkkkkkkk.
Se candidate a prefeito e ispere essa mesma votassão. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


Ler mais: http://www.jreporterdoaraguaia.com/products/a05-11-2014-cervejaria-foi-a-maior-doadora-de-taques%2c-com-r%24-3-milh%c3%b5es/

Data: 05/11/2014

De: Iva

Assunto: Re:Prêmio

é, dá pra desconfiar , eu nõa voto por que sei que é bananada , tinha que ser 1 voto apenas por rede

Data: 05/11/2014

De: pm de goias

Assunto: mau trato

isse sim que tem que perder o cargo, não é beijin da bunda não, bando de hipócritas, violência policial dentro da própria família, dando soco no seu filho antes de nascer, imagine o que ele não faz com o filho dos outros, aí vem me acusar de dar beijinho aqui ou acolá.

Data: 05/11/2014

De: Bincadin

Assunto: Df

A ENQUETE E A MELHOR DA REGIÃO. RUIM E DE OUTRO SITE QUE VOCÊ VE UM RESULTADO NUM DIA NO OUTRO JA MUDOU TUDO!!!!!

Data: 05/11/2014

De: caso de policia

Assunto: lll

Pede para o Dr acacio defendelo kkkkkkkkkk, essa enquete não está certa, pois vota quantas vezes quizer e do mesmo lugar, tinha que ser mudado em Vanessa pois queremos ver é na prática mesmo

Novo comentário