0512/2013 - Faculdade Cathedral recebe do MEC conceito 4 no IGC

A Faculdade Cathedral de Barra do Garças auferiu conceito 4 (em uma escala de 1 a 5)  no Índice Geral  de Cursos (IGC), índice que considera o desempenho no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE), a qualificação docente, a estrutura, entre outros itens. O IGC é utilizado para atestar a qualidade do ensino das Instituições de Ensino Superior (IES) no país. Os 3 cursos avaliados da Faculdade Cathedral e suas notas no ENADE e no CPC, respectivamente, foram os seguintes: Administração (3/4), Ciências Contábeis (4/5), e Direito (3/4).

 

“A nota é o resultado do esforço conjunto de toda a comunidade acadêmica e nos motiva a continuar oferecendo um ensino de qualidade, buscando a promoção integral do ser humano, por meio de uma educação superior de qualidade, realizada por profissionais competentes, visando formar cidadãos comprometidos com o desenvolvimento ético, social, socioambiental, cultural e político da sociedade”, comentou o Diretor Executivo da Faculdade Cathedral, Dr. Sandro Saggin.

 

O Professor e Coordenador do Curso de Ciências Contábeis, João Bernardes Ferreira Júnior, falou sobre os excelentes resultados que o Curso de Ciências Contábeis tem alcançado: “O ENADE atestou, por meio do conceito 4, que o Curso de Ciências Contábeis da Faculdade Cathedral está entre os melhores da Região Centro Oeste e, dessa vez, fomos além, obtendo 5, o máximo possível no Conceito Preliminar de Curso (CPC) “, ressaltou. Na oportunidade, ele agradeceu a dedicação e comprometimento de toda a Comunidade Acadêmica do Curso de Ciências Contábeis.

 

O resultado obtido pela Faculdade Cathedral foi comemorado por todos os colaboradores da Instituição. Para a Diretora Administrativo-Financeira Vanessa Saggin, o resultado já era esperado, haja vista que a Instituição está passando por um momento de profissionalização. “Com certeza estamos satisfeitos com o resultado. Esta conquista mostra que a Faculdade está no caminho certo, graças ao envolvimento da Comunidade Acadêmica e um conjunto de fatores como a qualificação do corpo docente e administrativo, o investimento em estrutura física e contratação de pessoal”, enfatizou Vanessa.

 

Escrito por Lázzaro Gomes

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário