06/01/2012 - Sobe para 87 número de cidades em emergência em Minas Gerais

 

Chuva já provocou oito mortes no estado.
Contagem, na Grande BH, está entre os municípios a entrarem na lista.
 
A Defesa Civil divulgou, na tarde desta quinta-feira (5), que subiu para 87 o número de cidades que decretaram situação de emergência desde o início do período chuvoso em Minas Gerais. Os últimos municípios a entrarem para a lista foram Araponga, Belo Vale, Caputira, Cataguases, Conselheiro Pena, Contagem, Divinópolis, Entre Rio de Minas, Esmeraldas, Formiga, Mário Campos, Mesquita, Miraí, Rio Casca, Rio Espera, Santa Fé de Minas e Sardoá.
 
A cidade de Formiga, no Centro-Oeste de Minas, já havia decretado emergência em dezembro do ano passado. De acordo com a Defesa Civil, o município revogou esse decreto depois de voltar à normalidade e publicou, nesta terça-feira (3), novamente situação de emergência por causa de enchentes.
 

Números
Ainda segundo a Defesa Civil, oito pessoas já morreram no estado desde o começo do período de chuvas, em outubro. Uma mulher está desaparecida em Santo Antônio do Rio Abaixo. No total, 142 municípios foram atingidos pelas tempestades durante o período, afetando cerca de 2,1 milhões de pessoas. Destas, 9.880 pessoas estão desalojadas e outras 512 estão desabrigadas. Até esta quinta-feira (5), 101 casas e 89 pontes foram destruídas.

Alerta
A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) abriu as comportas do reservatório da Usina Hidrelétrica de Três Marias, na Região Central de Minas Gerais, e alertou a população nesta quinta-feira (5). Até o final da tarde, o volume de água liberado atingirá 2.700 m³/s. A medida foi necessária por causa das fortes chuvas que tem atingido a região nos últimos dias.

Mapa com 87 cidades em Situação de emergência em Minas Gerais (Foto: Editoria de Arte / G1)