06/02/2011 10h:08 Assaltantes azarados são presos pela Polícia Civil em Canarana

Assessoria/PJC-MT
Duas pessoas foram presas pela Polícia Civil em Canarana (823 km a Leste) acusadas de liderar uma onda de furtos na cidade. Nelgimar Galdino de Souza, 30, e Celino de Oliveira de Arruda Teixeira (idade não informada) foram presos, no sábado (05.02), por investigadores da Delegacia da Polícia Civil. Ambos possuem várias passagens policiais pelos crimes de furto e roubo.
O preso Nelgimar, conhecido  também por “Jibóia” e “Cabeção”, se passava pelos irmãos para esconder sua verdadeira identidade. Ele chegou a ser preso pela Polícia Militar e liberado por falta de elementos que justificassem sua prisão. Ao deixar a Delegacia se apossou de uma motocicleta e na fuga sofreu um acidente. Ao ser levado para receber cuidados médicos, fugiu do Pronto Socorro, antes mesmo da lavratura do flagrante.
O suspeito foi preso novamente neste fim de semana e na Delegacia acabou sendo  reconhecimento vítimas. Nelgimar, além de furtos, arrombamentos em residências, também foi responsável por roubo a mão armada na cidade. A Polícia Civil de Canarana ainda investiga a possibilidade de Nelgimar ser autor de outros crimes.
 O segundo preso, Celino de Oliveira de Arruda Teixeira, é outro com extensa ficha criminal. Um dos crimes que é acusado foi praticado contra panificadora da cidade. Os proprietários acionaram a polícia que efetuou a prisão do ladrão antes que concretizasse o assalto.
Celino confessou ser o autor do furto de uma moto na cidade de Ribeirão Cascalheira. O veículo foi abandonado por Celino no mato, à margem da BR 158, depois que gasolina acabou. Os policiais foram ao local e conseguiram recuperar a moto. A vítima já foi localizada e a motocicleta será devolvida.