06/04/2011 - 10h:05 Identificada mulher enterrada com mãos e pés amarrados

 

A Polícia Civil identificou a mulher encontrada enterrada numa vala, numa propriedade rural em Nossa Senhora do Livramento (42 km ao Sul de Cuiabá), na segunda-feira (4).
Trata-se de Ubiracélia Castorina de Matos, de 41 anos, que morava no bairro Nova Várzea Grande, em Várzea Grande. Ela foi executada com dois tiros na cabeça e teve pés e mãos amarradas. Ele teria sido enterrada para que o corpo não fosse localizado. A mulher tinha dois filhos, sendo um de 12 e outro de 21 anos.
Segundo a Polícia, Ubiracéia se separou do marido, que estava convivendo com outra mulher. O marido largou a outra e voltou a morar com Ubiracélia.
O cadáver foi encontrado ontem à tarde e, em poucas horas, os papiloscopistas do Instituto de Medicina Legal (IML) fizeram a identificação, através da coleta de impressão digital. Com isso, a família pode fazer a liberação do corpo.
O corpo estava enterrado a cerca de 100 metros da rodovia do Aguaçu, em Nossa Senhora do Livramento, num garimpo desativado.
A vendedora desapareceu na manhã do dia 1º de abril, após sair para trabalhar. Ela teria sido seqüestrada no trajeto entre a casa, no bairro Nova Várzea Grande, próximo à rodovia do Capão e o ponto de ônibus.
As suspeitas do crime recaem sobre a mulher que esteve casada com o ex-marido dela.
Policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) informaram que estavam acompanhando o caso, pois havia um registro de desaparecimento.
O delegado Antônio Carlos Garcia informou que, como se trata de um homicídio ocorrido em Livramento, vai passar o caso para o delegado Adalberto Oliveira, que atua na cidade.

 Redção Midia News