06/05/2013 - Mulher presa acusada de integrar a maior quadrilha de traficantes recebe a liberdade

Após seis meses de prisão mulher presa sob a acusação de integrar a maior quadrilha de traficantes em Ribeirão e do Norte Araguaia recebe a liberdade após intensa discussão entre promotoria e seu advogado durante uma audiência.

 

Após 6 meses de prisão  a justiça concede a liberdade para presa acusada de participar do trafico de drogas em Ribeirão Cascalheira, trata-se de Laudiane  Taveira do Santos, de 22 anos, mãe de três filhos menores e moradora de Ribeirão Cascalheira, que se encontrava presa por  suposta participação em uma organização criminosa de traficantes.

 

A defesa de Laudiane foi patrocinada pelo Dr Acácio Alves que após intensa discussão com o ministério público, pois este  não admitia que Laudiane conseguisse sua  liberdade, convenceu o juiz que sua cliente deveria aguardar o julgamento em liberdade.

 

Ao analisar o pedido formula em audiência pelo Dr Acácio o Juiz de Direito da Comarca de Ribeirão Cascalheira concedeu a liberdade de sua cliente mediante a aplicação de algumas medidas cautelares diversa da prisão, conforme postulado pela Defesa.

 

Entre os mais de 40 acusados que se encontram presos pela operação Cascalheira nos diversos sistemas prisionais da região, Laudiane Taveira foi uma das primeiras acusadas a ganhar a liberdade antes do julgamento de seu processo, fato esse graças ao trabalho e esforço de seu advogado.

 

A decisão do juiz de Ribeirão Cascalheira pode abrir precedente para que outros presos na Operação Cascalheira possam obter a liberdade a exemplo do que aconteceu com Laudiane.

 

Vanessa Lima/O Repórter do Araguaia

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário