06/05/2016 - Prefeitos aprovam gestão da AMM

06/05/2016 - Prefeitos aprovam gestão da AMM

Pesquisa encomendada pela Associação Mato-grossense dos Municípios revela que os prefeitos estão satisfeitos com o trabalho político e técnico desenvolvido pela instituição. Dos entrevistados, 94,9% aprovam a atual gestão da AMM e 98% avaliam positivamente a atuação do presidente Neurilan Fraga, que assumiu a presidência da Associação em fevereiro de 2015. A comunicação direta entre Fraga e os prefeitos foi destacada por 86,7% dos entrevistados. A pesquisa quantitativa foi realizada entre os dias 8 e 9 de março. A margem de erro é de 1,5 ponto percentual para mais ou para menos.

 

A atuação política em defesa da conquista de novos benefícios para os municípios foi um dos destaques da pesquisa. Os prefeitos avaliam que a administração da AMM vem atingindo as expectativas dos gestores, com uma participação ativa na luta em defesa dos municípios e constante atuação junto aos demais entes federados.

 

O trabalho técnico desenvolvido pela equipe da Associação também foi ressaltado. A instituição possui profissionais que atuam na área de projetos de engenharia, jurídica, previdenciária, comunicação, relações institucionais, desenvolvimento econômico, apoio aos municípios junto a órgãos governamentais, assessoria em Brasília, entre outros serviços.

 

A pesquisa apontou que o serviço mais utilizado pelos municípios é o da Central de Projetos, mencionada por 52% dos entrevistados. O setor tem o objetivo de auxiliar as prefeituras do estado na captação de recursos para garantir investimento em setores essenciais para a população, como saúde, educação, saneamento, obras, entre outros.

 

O presidente da AMM, Neurilan Fraga, disse que ficou satisfeito com o resultado da pesquisa, encomendada para avaliar a atual gestão e apontar a necessidade de melhorias na administração. “Em pouco mais de um ano presidindo a AMM, procuramos fazer uma gestão participativa, ouvindo os prefeitos, que nos ajudam de forma decisiva a implementar ações para fortalecer o municipalismo mato-grossense”, assinalou.

 

Fraga disse que a aprovação do trabalho político e técnico reflete a seriedade com que a atual diretoria vem conduzindo a instituição, que em pouco mais de um ano  implementou várias mudanças que resultaram em um novo modelo de gestão, retirando a AMM de uma situação de déficit financeiro e garantindo o equilíbrio das finanças.   

 

Entre as providências adotadas, destacam-se o enxugamento do quadro funcional, alterações no organograma, remanejamento de pessoal, além do treinamento da equipe técnica. No campo político a atuação da AMM garantiu o repasse do Fethab aos municípios, o pagamento do Auxílio Financeiro para Fomento às Exportações (FEX), o reajuste do transporte escolar, o fortalecimento da atuação junto aos governos estadual e federal, bancadas federal e estadual, mobilizações em Brasília e na capital, entre outras ações.

 

A AMM está também passando por uma reforma com o objetivo de reparar e ampliar as instalações de atendimento aos prefeitos. O trabalho teve início no começo de janeiro e tem previsão de término até o final do ano, podendo ser concluído antes do prazo. A obra será executada com recursos oriundos de orçamento próprio da instituição. Foi feito um processo de licitação para a escolha da empresa que executa o serviço.

 

 

 

Da Redação