06/08/2011 - 08h:25 Beto Farias recorre à justiça e não desiste de disputar eleições em 2012

Beto e Wanderlei estão arriscados de ficarem fora da eleição de BG

O empresário e filho do ex-governador Wilmar Peres, Roberto Farias (PSD), informou que já recorreu da sentença que o tornou inelegível por três anos e acredita que irá reverter esse quadro em Brasília para disputar a prefeitura de Barra do Garças em 2012. Beto que trocou o PP pelo PSD foi denunciado na campanha de 2010 pelo ex-candidato a deputado estadual Cândido Teles por crime de abuso econômico de estar concedendo entrevistas na TV no período eleitoral.

No entanto, Beto nega que houve uso de mídia por parte dele. Ele argumenta que na época deu algumas entrevistas para explicar o episódio de atentado à bomba que houve no seu comitê eleitoral. O provimento ao seu recurso foi negado em Cuiabá e agora será apreciado em Brasília onde recentemente o deputado federal Pedro Henry foi absolvido de uma denúncia semelhante de dar entrevistas num canal de televisão vinculado a sua família.

Beto aparece liderando as pesquisas para prefeito em Barra e foi convidado pelo deputado estadual José Riva para fazer parte da executiva do PSD. Em 2008, o filho de Wilmar foi vice na chapa de Chaparral (PC do B) e em 2010 foi o mais votado para deputado federal e ganhou notoriedade por fazer oposição ao primo e prefeito Wanderlei Farias (PR). Apesar de terem o mesmo sobrenome, Beto reitera que ele e o primo são como água e óleo, hoje, que não se misturam.

Se não conseguir reverter a sua situação, o empresário enfatizou que já tem um plano B que é convidar a sua mãe Cândida Farias para ser candidata à prefeita e colocar o nome dela a apreciação do partido PSD que ainda tem o suplente de deputado estadual Leandro Soares, filho do conselheiro Alencar Soares, como opção.

Outro que se vê ameaçado de ficar fora da eleição é o prefeito Wanderlei, que teve contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU), recentemente. Com a Ficha Limpa, o republicano estaria inelegível por oito anos caso perca o recurso. Se o prefeito ficar fora o nome cotado para substituí-lo é do vereador Julio César (PSDB) num entendimento da família ou do empresário Eduardo Moura (PPS).

 

De Barra do Garças - Ronaldo Couto

Foto: Reprodução

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

OS COMENTÁRIOS É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS INTERNAUTAS QUE O INSERIR. O REPÓRTER DO ARAGUAIA ONLINE RESERVA-SE O DIREITO DE NÃO PUBLICAR MENSAGENS COM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, PUBLICIDADE, CALÚNIA, INJÚRIA, DIFAMAÇÃO OU QUALQUER CONDUTA QUE POSSA SER CONSIDERADA CRIMINOSA. OS COMENTÁRIOS QUE CONTER NOS ITENS CITADOS ACIMA SERÃO EXCLUÍDOS. TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO ARQUIVADOS ATRAVÉS DO IP E SERVIRÃO DE PROVAS CONTRA AQUELE QUE USAR ESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO.