06/08/2011 - 08h:45 Prefeito de Nova Canaã do Norte é assassinado a tiros

 

05 de Agosto de 2011 - 22:40 - O prefeito de Nova Canaã do Norte, Antonio Luiz Cesar de Castro, o Luizão, (DEM), 44 anos, foi assassinado, agora há pouco, na cidade localizada a cerca de 200 km de Sinop. O crime foi no clube do laço, onde está sendo realizada a Festa do Laço Comprido. "A pessoa que atirou entrou a pé e disparou tiros. É uma coisa sem explicação. A cidade está horrorizada", declarou, ao Só Notícias, Elis Monteiro, assessor de imprensa da prefeitura. "O pistoleiro chegou, fez os disparos, voltou e atirou novamente. Em seguida saiu a pé. Não foi visto se havia algum carro dando cobertura", acrescentou o assessor. Havia várias pessoas no local quando o matador chegou.

A primeira informação é que um homem chegou, encapuzado, e atirou a queima roupa em Luizão, que estava sentado, em uma mesa. Antonio estava no segundo mandato de prefeito.

Luizão que estaria migrando para o PSD - partido que está sendo criado também em Mato Grosso. O prefeito de Nova Canaã do Norte era casado e tinha dois filhos.

Luizão é o segundo prefeito assassinado em Mato Grosso, nos últimos 20 dias. No último dia 24, o prefeito de Novo Santo Antônio (região Nordeste), Valdenir Antônio da Silva, do PMDB, foi a executado a tiros em sua casa. Ninguém foi preso até agora.

"Luizão era um grande companheiro, meu amigo pessoal, que ajudou nas minhas campanhas e era forte liderança do nosso partido", lamentou, o ex-deputado Dilceu Dal Bosco.

 

Escrito por Só Notícias/Editoria Marcos Azevedo (foto: Edson Rodrigues/arquivo)   

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

OS COMENTÁRIOS É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS INTERNAUTAS QUE O INSERIR. O REPÓRTER DO ARAGUAIA ONLINE RESERVA-SE O DIREITO DE NÃO PUBLICAR MENSAGENS COM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, PUBLICIDADE, CALÚNIA, INJÚRIA, DIFAMAÇÃO OU QUALQUER CONDUTA QUE POSSA SER CONSIDERADA CRIMINOSA. OS COMENTÁRIOS QUE CONTER NOS ITENS CITADOS ACIMA SERÃO EXCLUÍDOS. TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO ARQUIVADOS ATRAVÉS DO IP E SERVIRÃO DE PROVAS CONTRA AQUELE QUE USAR ESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO.