06/08/2012 - Homem que matou cinco a facadas disse a delegado que era humilhado por colegas

O piauiense Lívio Paulo Viana Alves, de 25 anos, que assassinou cinco pessoas a facadas em Lucas do Rio Verde (350 km ao Norte de Cuiabá) no último sábado à noite e deixou mais dois feridos, disse ao delegado Marcelo Torhacs que era humilhado pelos colegas.

“Ele disse que era humilhado pelos outros usuários de drogas. Disse que comprava as drogas e os colegas pegavam parte do entorpecente sem a permissão dele e que os colegas ainda ficavam zoando com ele”, falou o delegado.

As vítimas trabalhavam com Lívio em uma empresa de alimentos no município e parte delas residia em um conjunto habitacional, no bairro Tessele Júnior, onde teve início a chacina.

O acusado dos assassinatos alegou ao delegado que estava sob o efeito de entorpecentes no momento do crime e que em determinado momento ficou “possuído”.

“Em uma alegação momentânea ele disse que um espírito havia baixado nele”, comentou o delegado em entrevista à imprensa de Lucas do Rio Verde.

O homem foi preso ainda na noite de sábado, em um alojamento. Ele permanecerá na delegacia do município e deve ser encaminhado para uma unidade prisional para aguardar julgamento da Justiça.

As cinco vítimas fatais foram transladadas para os estados do Maranhão e Piauí para sepultamento. Já os dois esfaqueados que sobreviveram, passaram por cirurgias e estão sob cuidados médicos.

 

De Sinop - Alexandre Alves

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário