06/10/2016 - Quinze mulheres são eleitas prefeitas em Mato Grosso nesta eleição

A partir do ano que vem, 15 municípios de Mato Grosso terão mulheres como prefeitas. Elas irão representar 9,9% do total de 141 prefeitos do estado. Nesta eleição, a candidata mais votada foi Lucimar Campos (DEM), reeleita como prefeita de Várzea Grande, região metropolitana da capital e segundo maior colégio eleitoral do estado. Ela recebeu 95.634 votos, o que representa 76,16% dos votos válidos naquele município.

Em Sinop, a 503 km de Cuiabá, a atual vice-prefeita daquele município, Rosana Martinelli (PR) foi eleita por 23.981 eleitores - o que representa 39,55 dos votos válidos - para seguir na gestão a partir de janeiro de 2017. Já a ex-prefeita de Nova Monte Verde, Beatriz Fátima Sueck Lemes, a Bia, foi eleita com 2.085 votos (50,9%) para assumir a gestão daquele município, que fica a 920 km da capital, a partir de janeiro.

 

Em Planalto da Serra e Castanheira, municípios a 254 km e 780 km da capital, respectivamente, a população votou pela reeleição das atuais prefeitas. Angelina Benedita Pereira foi reeleita com 885 votos (43,73%) para continuar à frente de Planalto da Serra, enquanto Mabel de Fátima Melanezi Almici foi escolhida por 2.690 (60,60%) dos eleitores de Castanheira.

Em Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá, a ex-primeira-dama de Mato Grosso e ex-deputada federal Thelma de Oliveira recebeu 5.110 votos (44,64%) e deve assumir a gestão daquele município a partir de janeiro. Em Juara, a 690 km da capital, a ex-deputada estadual Luciane Bezerra (PSB) venceu o pleito municipal, recebendo 8.808 votos, o que representa 55,74% dos votos válidos.

Em Carlinda e Cocalinho, municípios a 724 km e 765 km de Cuiabá, mulheres também foram eleitas pela população para assumirem a gestão dos municípios: Carmelinda Leal Martines Coelho (DEM), com 4.034 votos, e Dalva Peres (PSDB), com 2.122 votos, respectivamente. Já em Denise, distante 208 km da capital, Eliane Lins da Silva (PV) recebeu 61,73% dos votos válidos (2.708 votos) e irá assumir a prefeitura a partir de 2017.

Diane Vieira Vasconcelos Alves (PSDB) é quem irá assumir a prefeitura de Alto Paraguai, distante 219 km de Cuaibá, a partir do ano que vem. Ela foi eleita com 2.699 votos, o que representa 51,665 dos votos válidos daquele município. Em Nova Brasilândia, a 223 km da capital, Mauriza Augusta de Oliveira (PMDB) foi eleita com 1.816 votos (63,50% dos votos válidos).

Já em Nova Santa Helena, a 622 km de Cuiabá, Terezinha Carrara (DEM) foi eleita por 1.531 votos (54,89%) dos votos válidos. Em Juruena, a 893 km da capital, 3.491 eleitores, o que representa 78,96% dos votos válidos, escolheram Sandra Crozetta (PROS) para assumir a prefeitura.

São Félix do Araguaia, a 1.159 km da capital, também estará sob o comando de uma mulher. Janailza Taveira Leite (SD) foi eleita com 59,87% dos votos válidos.

 

 

 

 

 

G1/MT

Comentários

Data: 07/10/2016

De: Espigão do leste

Assunto: Vereadora

Vamos lá mulheres nós vamos fazer a diferença , um trabalho com respeito ao cidadão, com transparência e competência.

Novo comentário