06/11/2013 - Novas Diretorias dos CONSEGS do Norte Araguaia tomam posse em Vila Rica

A Secretaria de Segurança Pública do Estado de Mato Grosso realizou na manhã de terça feira, 05 de novembro, às 10 horas, na Câmara Municipal.

 

A Secretaria de Segurança Pública do Estado de Mato Grosso realizou na manhã de terça feira, 05 de novembro, às 10 horas, na Câmara Municipal de Vila Rica a solenidade de posse coletiva das novas diretorias dos Consegs  de treze cidades do Norte Araguaia, Santa Terezinha, Confresa, Porto Alegre do Norte, Canabrava do Norte, são Jose do Xingu, Santa Cruz do Xingu, Santo Antonio do Fontoura, São Felix do Araguaia, Bom Jesus do Araguaia, Alto Boa Vista, Serra Nova Dourada, Luciara e Novo Santo Antonio. O evento foi conduzido pelo Comandante do Comando Regional X Ten. Cel. Jonas Duarte Araujo.

 

O evento contou com a presença da secretária de educação Guiomar Rita representando o Prefeito municipal Luciano Alencar, delegado de Vila Rica João Biffe Junior, Major Martins e o presidente da câmara municipal Luciano Souza.

 

Os Conselhos Comunitário de Segurança Pública (CONSEGS) são considerados o embrião da Polícia Comunitária, pois tem como objetivo a gestão participativa da comunidade nas questões de seguranças Publica, de modo a democratizar a discussão e adoção de medidas praticas que resultem na melhoria da qualidade de vida das comunidades em que vivem.

 

Os Consegs são formados por pessoas do mesmo bairro ou municípios, voluntários, não renumerados que se reúnem para discutir, analisar, planejar e acompanhar a solução dos problemas comunitários de segurança, desenvolver campanhas educativas e estreitar laços de entendimento e cooperação entre as varias lideranças locais.

 

Israel Monteiro

Comentários

Data: 10/11/2013

De: Jose Rezende

Assunto: Polícia Militar - mt

Olha esse sistema que criaram como CONSEGS é bem legal para a sociedade, mais essa mudança da farda da PM de Mato Grosso contrariou 80 por cento da tropa da PM, muitos Policiais estão trabalhando desmotivado com essa nova farda, em vez do Governo investir na qualidade do trabalho da PM, fica gastando o dinheiro da união com nova farda onde foram gasto quase 5 milhões, que esse dinheiro poderia ser investido em armamento e novas viaturas e melhores salários para os militares onde são os mais ruim do país... Hoje no interior esta uma vergonha as viaturas tudo sucateadas e o efetivo em numero reduzido e por ai vai, na verdade essa mudança de farda deve ter sido um superfaturamento onde nenhum poder público se manifestou contra, na época foram feito uma pesquisa com todo o efetivo para saber se eram a favor, onde 80 por cento foram contra essa mudança de farda, mais mesmo assim eles fizeram...

Novo comentário