06/11/2015 - Novas regras para os Planos de Saúde passam a valer no começo do ano

A lista de procedimentos mínimos que deverão ser cobertos pelos planos de saúde passará por mudanças a partir de janeiro de 2016. A medida visa a atualização dos procedimentos fornecidos aos pacientes e foi determina pela Agência Nacional de Saúde (ANS), que deverá beneficiar mais de 70 milhões de usuários de planos de assistência médica e odontológicas 

 

A lista de procedimentos mínimos que deverão ser cobertos pelos planos de saúde passará por mudanças a partir de janeiro de 2016. A medida visa a atualização dos procedimentos fornecidos aos pacientes e foi determina pela Agência Nacional de Saúde (ANS), que deverá beneficiar mais de 70 milhões de usuários de planos de assistência médica e odontológicas.

 

Conforme a ANS, a atualização é o resultado de revisão periódica do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde. Entre as medidas inclusas na atualização estão exames laboratoriais e de mais um medicamento oral para tratamento de câncer, também foi ampliado o número de consultas em especialidades médicas, como fonoaudiologia, nutrição, fisioterapia e psicoterapia.


Foram citados também procedimentos como o implante de Monitor de Eventos/Looper (utilizado pra diagnosticar perda da consciência por causas indeterminadas); implante de cardiodesfibrilador multissítio (que ajuda a prevenir morte súbita); implante de prótese auditiva ancorada no osso; e a inclusão do Enzalutamida, medicamento oral para tratamento do câncer de próstata, entre outros.


Também foram ampliados a disponibilidade de alguns procedimentos já ofertados, como o aumento do número de sessões com fonoaudiólogo, de 24 para 48 ao ano para pacientes com gagueira e idade superior a sete anos e transtornos da fala e da linguagem; de 48 para 96, para quadros de transtornos globais do desenvolvimento e autismo; de seis para 12, consultas em nutrição para gestantes e mulheres em amamentação; de 12 para 18, sessões de psicoterapia, entre outros.

 

Atendimento no Procon

O Procon-MT atende em sua sede estadual na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (do CPA), nº 917, Edifício Eldorado Executive Center – Bairro Araés, de segunda a sexta-feira, das 08h às 18h. Para registro de reclamações, audiências, consulta de processos e protocolo de documentos, o consumidor pode procurar a sede do Procon-MT, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 17h30.

 

No Posto no Ganha Tempo, o atendimento ao público é de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 18h30, e aos sábados, das 07h30 às 12h. No Posto na Assembleia Legislativa, o atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 151 ou 3613-8500. 

 

 

 

 

 

Letícia Kathucia / Especial para o 24 Horas News

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário