06/11/2015 - Janaina acusa Wilson de 'falso moralismo'

A deputada Janaina Riva (PSD) criticou o projeto que trata do Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos servidores do Poder Legislativo proposto pelo líder do governo na Assembleia, Wilson Santos (PSDB) que defende baixar o duodécimo de 3% para 2,5%.

Para Janaina, o deputado prega um discurso de moralidade que não praticou frente à Prefeitura de Cuiabá, tanto é que saiu da administração com a imagem desgastada e respondendo a vários processos, tendo inclusive bens bloqueados em milhões de reais pelas obras não executadas do Rodoanel.

A discussão começou porque a parlamentar defende que todos os servidores de carreira do Legislativo tenham os mesmos direitos do Ministério Público e do Poder Judiciário. Ela falou que a casa tem 'aberto as pernas' para tudo que é do governo do estado, do judiciário e do MPE, enquanto não faz o dever de casa com os próprios servidores.

Na ocasião o deputado Wilson Santos rebateu a parlamentar com um discurso anticorrupção e dos sucessivos escândalos pela qual a Assembleia tem passado ao longo dos anos, boa parte deles em que o pai dela, o ex-deputado José Riva (sem partido) esteve a frente da AL. "É fácil falar em corrupção, mas ele esquece que da mesma forma é acusado pela população. É muito fácil atirar pedra. Difícil é ser vidraça".

Janaina aproveitou para ressaltar que muitos parlamentares são velhos na Casa e não tem como justificar os erros do passado."Se ele tinha essa opinião da anticorrupção deveria ter praticado. Eu não gosto de demagogia e nem de conversa fiada, sou nova na vida pública e tenho um grande defeito, sou curta, grossa e direta", disparou.

A parlamentar ainda continuou reforçando a sua defesa. "Então senhor presidente, eu estou defendo não mais dinheiro no bolso de deputado não, eu estou fazendo a defesa dos direitos dos servidores de carreira dessa casa como têm direito os outros Poderes. Eu não vim aqui comprar briga com o Ministério Público e o Tribunal de Justiça, mas quero sentar em uma mesa com eles de igual para igual. Nossos servidores não são menos que os deles. É por isso que eu luto tanto pela emenda e pelo orçamento impositivo. Quero chegar na minha cidade e poder destinar R$ 2 milhões em emendas para o hospital municipal e não depender do governo", complementou.

Janaina finalizou dizendo que é inadmissível o deputado Wilson Santos diminuir toda a categoria do Parlamento como fez. " Eu sou da nova geração de políticos e quero dizer uma coisa para vocês: eu não vou ficar fazendo discursinho para enganar ninguém. Eu quero um Parlamento forte e foi por isso que eu disputei para ser deputada. Se eu quisesse desvalorizar a Assembleia eu disputava para ser governadora ou prefeita. Se for para tratar a AL dessa forma que Pedro Taques está tratando, pode fechar a porta. Quem apoiar essa iniciativa, pode fechar as portas".

 

Soraya Medeiros, repórter do GD

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário