07/01/2016 - Prefeitura e construtora são investigadas por obras sem conclusão que superam R$ 110 mil

07/01/2016 - Prefeitura e construtora são investigadas por obras sem conclusão que superam R$ 110 mil

O Promotor de Justiça de Canarana, Marcelo Domingos Mansour, do Ministério Público Estadual (MPE) determinou abertura de inquérito civil para apurar supostos danos aos cofres públicos envolvendo a Prefeitura de Canarana e a empresa Tayna Construções, Consultoria e Empreendimentos Ltda. Valores gastos em obras inconclusas superam R$ 110 mil. 

De acordo com o promotor, o valor de R$ 112.411,57 já teria sido pago à empresa para construção de parte de um aterro sanitário no município de 
Canarana. Todavia, apenas 2,57% da obra foi realizada até agora, enquanto que 19,58% do valor da obra já se encontra nas contas da construtora.

No texto do inquérito o promotor determina que o Centro de 
Apoio Operacional do Ministério Público do Estado de Mato Grosso seja ficiado. Além disso, requeriu à Prefeitura Municipal de Canarana os comprovantes dos pagamentos feitos à Tayna Construções Consultoria e Empreendimentos Ltda, a serem entregues em até 10 dias.

A técnica administrativa Maria Aparecida Carvalho Resende de 
Oliveira foi designada para secretariar os trabalhos.

 

 

 

Da Redação - Paulo Victor Fanaia

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário