07/02/2011 21h:41 Rezende pede Corpo de Bombeiros para Alto Araguaia e Alto Taquari

 

Um dos alertas sobre a região é para os terminais de grãos e de petróleo, este último com carregamentos diários de dois milhões de litros do combustível

 

FERNANDO LEAL

 

Secretaria de Comunicação

As características atuais dos complexos produtivos de Alto Araguaia e Alto Taquari, no extremo sudeste de Mato Grosso, colocaram ambos os municípios em situação de prioridade no quesito segurança. Dois projetos de lei assinados pelo deputado Sebastião Rezende (PR), que começaram a tramitar na Assembleia Legislativa, mostram essa realidade e autorizam o governo a implantar unidades operacionais do Corpo de Bombeiros Militar nas duas localidades. No PL nº 02/2011, Sebastião Rezende traça o perfil socioeconômico de Alto Araguaia e faz referência a crescentes necessidades de serviços especializados nas áreas de salvamento e de combate a incêndios residenciais, comerciais e florestais. “Além disso, é grande a carência de atendimento pré-hospitalar móvel e das atividades de defesa civil por conta do desenvolvimento acelerado que o município apresenta”, completou o parlamentar.
O projeto ainda se refere ao funcionamento de mais um pólo industrial na região de Alto Araguaia, com várias empresas em operação e a instalação de uma nova unidade processadora no complexo local. A medida também beneficia Alto Garças, Araguainha e Ponte Branca. No PL nº 03/2011, o deputado Sebastião Rezende lembra que Alto Taquari tem “o marco inicial de várias conquistas obtidas no estado” e é atualmente um grande produtor de soja e algodão.
Ele também alerta que a ferrovia opera na região com terminais de grãos e de petróleo – com carregamentos diários de dois milhões de litros do combustível, e que – além disso – está em fase de estudos a implantação de uma usina de biodiesel no município.
Ambos os projetos de lei autorizam a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública a “celebrar convênios, ajustes, acordos e contratos com terceiros – entidades públicas ou privadas de Alto Taquari – para construção de estrutura física, aquisição de viaturas operacionais especializadas e equipamentos específicos”.
Mais informações:
Secretaria de Comunicação da AL
3313-6310/6283
Data: 07/02/2011