07/02/2013 - Acidente mata dois servidores do Sistema Penitenciário Estadual. Viatura ficou destruída

 

Veículo rodou na pista quando fazia curva num trecho distante 50 km de Lucas e bateu de frente com um caminhão.
Dois servidores do Sistema Penitenciário do Estado morreram em um acidente ocorrido na tarde desta quarta-feira na BR 163 num trecho na divisa entre os municípios de Nova Mutum e Lucas do Rio Verde. O impacto do acidente destruiu a viatura em que os servidores viajavam, lançando seus corpos na rodovia. O motorista do caminhão envolvido no acidente sofreu apenas arranhões em um dos braços.
 
De acordo com Aristides Pereira de Almeida, chovia muito no momento do acidente. Ele transportava a carreta bitrem carregada com adubo e seguia com destino a Sorriso e disse que não pode evitar a colisão, já que após chegar à curva apenas viu o veiculo Pálio Adventure desgovernado. “Eles rodaram na pista e foi direto na frente do caminhão. Não deu tempo de fazer nada”, lamenta o motorista. 
 
Após a colisão, o caminhão carregado saiu da pista e tombou em uma lavoura de soja. Ele conta que por sorte, o motorista de um outro caminhão que seguia sentido contrário conseguiu parar o veículo antes de uma nova colisão. Aristides sofreu apenas arranhões em um dos braços.>>>
 
O motorista de um caminhão que trafegava na rodovia e presenciou o acidente, confirmou que não houve tempo para evitar o impacto. Fernando Luis descreveu como uma cena bastante chocante a colisão entre os veículos. “É triste demais”, disse. Ele revelou que dois quilômetros antes foi ultrapassado pela viatura, que desenvolvia alta velocidade, apesar do tempo estar chuvoso e o asfalto esburacado.
 
Já a viatura do Sistema Prisional continuou rodando, batendo no muro de proteção da rodovia. Essas sequentes batidas destruíram o veículo, fazendo com que peças ficassem espalhadas pela rodovia. Os corpos dos dois ocupantes foram lançados a vários metros de distancia. Um deles, provavelmente o do motorista da viatura, ficou bastante mutilado, praticamente irreconhecível.
 
O Corpo de Bombeiros de Nova Mutum foi chamado para dar assistência às vítimas, mas nada pode fazer, já que os dois ocupantes tiveram morte instantânea. “Quando chegamos nos deparamos com esse acidente, mais um acidente na BR”, lamentou o Sargento Morais.
 
A rodovia ficou interditada para o trabalho da perícia e também para remoção dos restos mortais das vítimas do acidente, bem como a limpeza da pista. O congestionamento cerca de 2 horas depois do acidente, que ocorreu por volta de 14h30, chegou a mais de 10 quilômetros.
 

 
Escrito por ExpressoMT / Celso Ferreira Nery 
Fotos: Expresso MT

 

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário