07/02/2013 - Ex-senador e Taques concorrem pelo cargo máximo da Maçonaria em MT

O ex-senador Osvaldo Sobrinho (PTB) e o advogado Paulo Zamar Taques serão concorrentes na eleição da Maçonaria para o posto de grão-mestre da Grande Oriente do Estado de Mato Grosso, federação das lojas maçônicas do estado. 


Essa é pelo menos segunda vez que Osvaldo sobrinho demonstra intenção de concorrer ao cargo máximo da Potência estadual. Em 2010 ele também iria concorrer, mas acabou recuando.

Formado em Economia, Estudos Sociais e Direito, Osvaldo Sobrinho foi professor da rede estadual de Mato Grosso e professor assistente da Universidade Federal do Mato Grosso. Pelo Arena foi eleito deputado estadual de 1978 1985. Já em 1986, pelo PMDB, ascendeu ao cargo de deputado federal constituinte.

Em 1990, agora pelo PTB, foi eleito vice-governador de Mato Grosso na chapa encabeçada por Jayme Campos (Então PFL). Em 1994 candidatou-se ao governo do estado, sendo derrotado no primeiro turno para Dante de Oliveira (então PDT). 

Em 1998 candidatou-se novamente à Câmara dos Deputados, mas obteve apenas uma suplência. Já em 2005 teve contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas da União, da época que chefiou a Secretaria de Estado de Educação, entre 1991 e 1994, pois, segundo o TCU, ocorreu fraude em licitações e utilização de notas fiscais de empresas desativadas. Além disso, responde à ações de improbidade, o que estaria causando polêmica no âmbito da maçonaria.

Depois de um hiato político, em 2006 Osvaldo Sobrinho foi segundo suplente do senador eleito Jayme Campos (DEM). Em 2009 assumiu o cargo quando o democrata pediu licença e o primeiro suplente, Luiz Antônio Pagot, renunciou.

Do outro lado, Paulo Taques põe o nome na disputa pela primeira vez, e está na Maçonaria desde julho de 2000, na Loja Acácia do Ocidente nº 7, onde já ocupou o cargo de Venerável Mestre.

A candidatura de Taques teria surgido ante a aproximação do processo eleitoral, onde vários membros da maçonaria teriam sugerido seu nome. Depois disso foi acertada uma chapa, na qual o juiz eleitoral Francisco Ferreira Mendes concorre como vice.

Paulo Taques, graduado em Direito pela Universidade Federal de Mato Grosso, é um dos mais renomados advogados do Estado, especialista em Direito Eleitoral, com formação em Marketing Eleitoral e Político, já tendo atuado nas campanhas eleitorais de Dante de Oliveira, Júlio Campos, Mauro Mendes e de seu primo Pedro Taques.

 

Da Redação - Jardel P. Arruda

Foto: Reprodução

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário