07/02/2014 - Aneel eleva em 83% valor da bandeira vermelha diante crise energética

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou "preliminarmente" alta de 83% no valor da bandeira tarifária vermelha. O aumento, que será debatido em Audiência Pública, será de R$ 3 para R$ 5,50 a cada 100 kilowatt-hora (kWh). Caso aprovado o reajuste o novo valor entrará em vigor em 1º de março. O bolso do mato-grossense está pesando com a bandeira tarifária vermelha desde janeiro e deverá pesar ainda mais a partir de 8 de abril quando será anunciado o reajuste da tarifa cobrada pela Cemat.

De acordo com a Aneel, o aperfeiçoamento do sistema de bandeiras tarifária foi colocada nesta sexta-feira (06) em Audiência Pública. A Agência propõe reajustar os valores da bandeira tarifária vermelha de R$ 3 para R$ 5,50 e da bandeira amarela de R$ 1,50 para R$ 2,50 por 100 quilowatts-hora (kWh).

Os consumidores podem encaminhar contribuições entre os dias 9 e 20 de fevereiro pelo e-mail ap006_2015@aneel.gov.br ou por meio de correspondência para ANEEL – SGAN Quadra 603 – Módulo I Térreo/Protocolo Geral, CEP 70.830-110, Brasília–DF.

As bandeiras tarifárias (vermelha, amarela e verde) entraram em vigor no dia 1º de janeiro. As bandeiras são um indicativo do custo de geração de energia elétrica no Brasil, principalmente por parte das termelétricas.

A Aneel ressalta que as bandeiras tarifárias não se aplicam para aos Estados do Amazonas, Amapá e Roraima, visto eles não estarem plenamente conectados ao Sistema Interligado Nacional (SIN)

Confira o significado e atuais valores de cada bandeira, conforme a Aneel:

Bandeira verde: condições favoráveis de geração de energia. A tarifa não sofre nenhum acréscimo;

Bandeira amarela: condições de geração menos favoráveis. A tarifa sofre acréscimo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumidos;

Bandeira vermelha: condições mais custosas de geração. A tarifa sobre acréscimo de R$ 3,00 para cada 100 kWh consumidos.

Reajuste anual

A Aneel já começou a avaliar os reajustes anuais da tarifa de energia elétrica concedidos para as concessionárias de energia elétrica. Em Mato Grosso o novo valor deverá ser anunciado entre os dias 1º e 7 de abril. A tarifa do ano vigente entra em vigor no caso de Mato Grosso no dia 8 de abril. Em 2014 o reajuste foi de 11,16% concedido pela Agência para a Cemat.

Até o dia 07 de abril a tarifa residencial em Mato Grosso é de R$ 0,38107 kWh.

 

Olhar Direto
Viviane Petroli

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário