07/02/2014 - PSD lança Chico Daltro como pré-candidato ao governo de MT

O Partido Social Democrático (PSD) lançou o vice-governador Chico Daltro como pré-candidato ao governo de Mato Grosso na noite desta quinta-feira (6), durante Encontro Regional no Centro de Eventos do Pantanal. Presidente nacional do partido, o ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, participou do evento e afirmou que a cúpula estadual inicia diálogo com o arco de alianças para até julho, consolidar a candidatura.  

Para um público de 1,5 mil lideranças partidárias, Kassab disse que o PSD em Mato Grosso tem musculatura suficiente para disputar o Governo do Estado. “O partido se consolidou já na primeira eleição que concorreu no Estado, contando com o maior número de prefeitos, vereadores, bancada expressiva na Assembleia Legislativa, o único que conta com dois deputados federais. O PSD tem musculatura para ter candidatura própria a governador e a direção nacional avaliza esse projeto no nome do vice-governador Chico Daltro”, afirmou.

Em nível nacional, o PSD já formalizou apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). Como os peessedistas de Mato Grosso possuem boa relação com a maioria dos partidos que compõe a base petista, a aliança deve ser repetida no Estado.

“No momento em que o partido oficializa apoio a Dilma, cria-se nos Estados, abertura para entendimento onde é possível e em Mato Grosso, é evidente que existe boa relação e a aliança é muito provável”, avaliou o presidente nacional do PSD.  

Lançado como pré-candidato ao Governo do Estado, Chico Daltro explicou que após receber aval da direção nacional e estadual do PSD, começa a construir dentro da base de sustentação do governador Silval Barbosa (PMDB), entendimento para montar chapa e vencer as eleições de outubro deste ano.

“O PSD foi muito bem nas eleições municipais e ganhou crédito político. Neste momento, a posição do partido é de nos lançar como pré-candidato ao governo e vamos dialogar com os demais partidos da base aliada para consolidar o projeto”.

Questionado se a pré-candidatura está condicionada a decisão do governador Silval Barbosa em deixar o cargo em abril para disputar as eleições, Chico Daltro esclareceu que a posição é do PSD e não individual, por isso, é independente da decisão do chefe do executivo. “É independente de o governador deixar o governo para ser candidato. Vamos trabalhar a partir de hoje, a viabilização desse projeto”, garantiu o vice-governador.

Secretário-geral do PSD, o deputado estadual José Riva afirmou que a base aliada do governo vencerá as eleições para Governo do Estado. “Esse grupo é forte e ganhará. Colocamos o nome do vice-governador que possui trabalho prestado, está tendo uma grande atuação à frente da Secretaria de Cidades e tem totais condições de disputar o Palácio Paiaguás. Logicamente, vamos discutir com o arco de alianças, que nas minhas contas, já são cerca de 11.  As articulações serão feias e o PSD está pronto para conversar, acredito nessa unidade que vem se fortificando. Acho que o grupo não deve ir dividido e sim com candidatura única.”, avaliou.

 

Riva analisou que as discussões para a sucessão estadual serão intensificadas após o Carnaval. “A nossa prioridade no momento é lançar candidato ao governador e nosso nome é do Chico Daltro. Não podemos fazer política a partir de conjecturas, então o lançamento da pré-candidatura é independente da decisão do governador”.

Participaram do evento, os deputados federais do partido, estaduais, prefeitos, vereadores, lideranças estaduais, municipais da legenda e representantes do PMDB, PT, PP, PTB, Pros, Solidariedade, PSC e PHS. 

 

Assessoria

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário