08/02/2015 - Gaspar Lazari Presidente da AMA mobiliza os Prefeitos do Araguaia na luta pelo FETHAB.

O Governador Pedro Taques recebeu nesta manhã de terça feira, 03 de fevereiro no Palácio Paiaguas, em Cuiabá 133 dos 141 prefeitos de Mato Grosso para discutir o FETHAB. De um lado o Governo com os principais Secretários municiados de dados, números e informações com o intuito de mostrar como recebeu o Estado. Por outro, os Prefeitos coesos e determinados ao embate com o Governo na esperança de convencê-lo da importância da partilha do FETHAB com os municípios.

Para o presidente eleito da AMM, prefeito Neurilan Fraga a aplicação do FETHAB se tornará muito mais eficiente se feita pelos Municípios. Dos cerca de 125 mil kilômetros de estradas não pavimentadas existentes atualmente em Mato Grosso, 25 mil kilômetros são de competência do Estado e outros 100 mil de competência dos municípios. Segundo Neurilan, os municípios dispõem do maquinário ao passo que o Estado teria de terceirizá-lo. “Quando defendemos o FETHAB para os Municípios é porque é lá que mora o cidadão. Quando faltam estradas e pontes o cidadão bate na porta do prefeito”, disse Neurilan.

Já o Governador Pedro Taques disse que o problema do FETHAB não é do governo de Mato Grosso, mas de todos. Porém destacou que há uma decisão judicial acerca do assunto e ele enquanto Governador cumprirá a referida decisão. No entanto, diante a chiadeira dos prefeitos Pedro Taques anunciou a criação de uma comissão a qual deverá estudar e apresentar uma solução para o impasse em até 45 dias. Compõem a respectiva Comissão os secretários de Planejamento, Marco Marafon, de Fazenda, Paulo Brustolin; das Cidades, Eduardo Chiletto; de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte; e o procurador-geral do Estado, Patryck Ayala. Prevê ainda o Decreto que institui a Comissão que o grupo poderá receber contribuições de representantes dos municípios inclusive, bem como de entidades representativas e da sociedade civil organizada.

Para Gaspar Lazari Presidente da AMA-Associação dos Municípios do Araguaia é importante a iniciativa do Governo ao criar uma comissão para reavaliar o FETHAB. “A lei que alterou o FETHAB, destinando parte dos recursos para os municípios gerou muita expectativa nos prefeitos. Com possibilidades de mais investimentos. Agora, uma mudança radical prejudicando os municípios não podemos aceitar. Por isso entendemos e acreditamos que, a criação desta comissão é um sinal positivo de que o Governo está disposto a rever o seu posicionamento e quem sabe estabelecer uma parceria importante com os municípios” – afirma Gaspar Lazari.


Por fim, Pedro Taques ressaltou que o seu governo está aberto ao diálogo. “Ao entrar o prefeito ou o vereador em meu gabinete não quero saber qual é o seu partido político. O Prefeito tanto quanto o Vereador foram eleitos pelo voto popular e como tal tem legitimidade para representar o povo. Eu aqui estou para trabalhar por Mato Grosso. Sou Governador de todos” – afirma Taques.

 

Assessoria de Comunicação AMA
Fotografias: Augusto Bocatto

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário